Range Rover 2021 terá novo motor de 6 cilindros

Marca de SUVs de luxo da Land Rover terá atualizações, que incluem um novo propulsor 3.0 da linha Ingenium

  1. Home
  2. Pit-Stop
  3. Range Rover 2021 terá novo motor de 6 cilindros
André Deliberato
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

A família de SUVs de luxo da Land Rover deverá ter novidades em breve. Isso porque os modelos Range Rover 2021 (que incluem o "standard" e o Sport, sem considerar a dupla Velar e Evoque) estreiam nas próximas semanas no mercado norte-americano um novo motor de 6 cilindros em linha - que, aos poucos, também pode se espalhar por outras famílias da marca britânica.

A linha 2021 também celebra os 50 anos de vida da empresa com a edição especial Autobiography Fifty, limitada 1.970 unidades em todo o mundo - vem com emblemas comemorativos, acabamento especial e rodas de 22 polegadas. Há, também, uma nova edição chamada "Westminster" com base na HSE, topo de linha, com detalhes externos diferentes e rodas exclusivas aro 21".

Range Rover Vogue
icon photo
Legenda: O Range Rover tradicional recebe o sobrenome de "Vogue" no Brasil
Crédito: Divulgação

A edição especial "Westminster" ainda terá acabamento de pintura especial e estofados no interior com revestimento diferenciado - chamado de "Shadow Walnut" ("nozes da sombra", em tradução literal do inglês) -, além de assentos elétricos ajustáveis, portas com fechamento suave (que se trancam por completo automaticamente) e sistema de som de 19 alto-falantes da grife Meridian.

As novidades do ano modelo 2021 ainda não acabaram: a marca também apresentou as novas versões HSE Silver Edition e SVR Carbon Edition - sendo a primeira baseada na configuração HSE e a segunda na esportiva SVR. Todas as informações vêm dos nossos parceiros mexicanos do portal Autología.

Para o Brasil, no entanto, ainda não foram definidas quais versões serão importadas - atualmente a empresa vende em nosso país, por encomenda, as configurações Vogue (a "Standard" lá de fora), Vogue SE, Autobiography, SVAutobiography Dynamic e SVAutobiography, de entre-eixos alongado, com carroceria tradicional. Já o Range Rover Sport vem nas opções S, SE, HSE e HSE Dynamic.

Range Rover Sport
icon photo
Legenda: Range Rover Sport é mais baixo e tem caimento diferente na traseira, que é mais esportiva
Crédito: Divulgação

O que muda no Range Rover 2021?

Mesmo com essa série de versões renovadas para os dois tipos de carroceria (Vogue/Standard e Sport), a maior das atualizações pode ser encontrada sob o capô, já que tanto Range Rover Vogue quanto o Range Rover Sport recebem um novo motor.

Trata-se de um propulsor de 6 cilindros em linha da mesma família Ingenium de motores de 4-cil, mas com deslocamento de 3 litros (e não 2.0), turbocompressor e sistema híbrido-leve de 48V. Esse conjunto pode ter potência e torque variados, de acordo exatamente com a versão.

Por exemplo, no Range Rover Sport HSE Silver Edition esse motor recebe o nome "P360", o que significa que nele são gerados 360 cv e torque de 50,5 kgf.m. Já em modelos mais caros como o novo HSE Westminster Edition, por exemplo, a designação é "P400": 400 cv e 56,1 kgf.m de torque.

Segundo a marca, essa nova mecânica não substitui nenhum dos conhecidos motores que já existem - o já citado 4 cilindros de 2 litros turboalimentado e com tecnologia híbrida plug-in; o V6 turbodiesel 3.0 e V8 5.0 a gasolina sobrealimentado por compressor das versões SVAutobiography e SVR.

Como os SUVs já foram atualizados pela Land Rover no mercado norte-americano, é de se esperar que as novidades desembarquem em solo brasileiro nos próximos meses. Não dá para saber, no entanto, quais serão as configurações reservadas para nosso país.

Comentários