Porsche pretende lançar Macan elétrico em 2023

Marca confirma estreia de um SUV compacto movido a eletricidade daqui a dois anos, sobre a mesma plataforma do A6 e-tron

  1. Home
  2. Segredos
  3. Porsche pretende lançar Macan elétrico em 2023
André Deliberato
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

A Porsche é mais uma empresa a se dedicar firmemente ao universo dos carros elétricos. E depois de muita especulação a respeito de uma nova geração do Macan, a fabricante decidiu se pronunciar a respeito - e confirmou a estreia de um Macan elétrico para 2023, que irá conviver com as versões movidas por motores a combustão e híbridas.

O Macan elétrico também vai dividir plataforma com o futuro Audi A6 e-tron, revelado recentemente no Salão de Xangai, ainda em formato conceitual. Ambos serão produzidos sobre uma base chamada Premium Platform Electric (PPE), desenvolvida pela Audi, outra empresa do Grupo Volkswagen. As informações são da revista Car and Driver norte-americana.

Macan elétrico por ora é "digital"

Para ser lançado, a Porsche afirma que seus carros (e aqui listamos carros à combustão, híbridos e elétricos) precisam rodar quase 3 milhões de quilômetros - aproximadamente 75 voltas ao mundo. Além dos testes de rua, os protótipos também são postos à prova em simulações de pistas fechadas e computadorizadas.

Segundo a marca, atualmente existem 20 carros "digitais" destinados a esses testes. São nestes momentos que a empresa checa as configurações acústicas, mecânicas e aerodinâmicas, entre muitas outras.

Porsche Macan elétrico
Porsche Macan elétrico vai conviver com versões movidas por motores a combustão
Crédito: Divulgação/Porsche

Algumas "mulas" (nomes dados à protótipos automotivos sem bolhas e carroceria final para testes físicos) também já percorrem nosso planeta, como revelam as fotos divulgadas pela própria Porsche. E, de acordo com essas mulas e informações de publicações dos EUA, já sabemos que o futuro Macan elétrico vai utilizar o sistema de 800 Volts do Taycan - o atual superesportivo da montadora.

O carro também deverá ter duas opções de baterias. A estimativa é de que sua autonomia seja ainda melhor que a do superesportivo e ultrapasse os 482 quilômetros que podem ser feitos com uma só carga pelo Taycan Performance Plus. A Porsche, por fim, também enfatizou que será o "modelo mais esportivo em seu segmento" - algo que, mesmo atualmente, não está tão longe de ser uma realidade.

A chegada do Macan elétrico, contudo, não deve tirar de linha as configurações movidas por motores à combustão e híbridas - afinal o SUV é o modelo mais vendido pela empresa no mundo, e fazer isso poderia ser um risco.

Porsche Macan elétrico
Porsche Macan elétrico já está há algum tempo em desenvolvimento, mas só deve "nascer" em 2023
Crédito: Divulgação/Porsche
Comentários