Encontro de Ford Maverick reúne mais de 5 mil visitantes

Os mais belos exemplares deste Ford, produzido no Brasil entre 1972 e 1979, desfilaram por avenida do samba
  1. Home
  2. Cultura WM1
  3. Encontro de Ford Maverick reúne mais de 5 mil visitantes
Marcos Camargo
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- Na última semana de junho, dia 24, os fãs do lendário Ford Maverick puderam assistir à 2ª edição do Maverick Night, realizada no Sambódromo do Anhembi, em São Paulo. Nem o frio de 10ºC tampouco a garoa fina foram capazes de afastar os cerca de cinco mil visitantes do local que reuniu os mais belos exemplares deste Ford de sucesso, produzido no Brasil entre 1972 e 1979.

Após sete anos, o evento provou que o público que aprecia os carros antigos cresce tanto quanto o número de modelos expostos no local. No ano 2001, o evento que era realizado na Praça Charles Muller, no Pacaembu, reunia cerca de 120 veículos. Hoje, a quantidade de automóveis é de pelo menos 200 automóveis por noite. Uma excelente opção de programa para as noites de terça, em tempos de férias escolares.

Além dos carros, que são as maiores atrações, o local concentra dezenas de lojistas onde é possível encontrar todo o tipo de peça para veículos antigos, além de acessórios de época. Com o crescimento do mercado, há comerciantes especializados em vários itens como adesivos, blocos de motores, carburadores, peças de determinados modelos e marcas, rádios antigos etc.

O local, que já ficou pequeno para o público crescente, reúne também uma área de alimentação e um estacionamento reservado para veículos modernos, para aqueles que ainda não se aventuraram pelas ondas do antigomobilismo.

Na última edição do Maverick Night, estavam diversas “autoridades” presentes. Uma delas é Paul Willliam Gregson, membro do Clube do Ford V8 e que escreveu o livro “Maverick: o ícone dos anos 1970” Ed. Alaúde, 2007 e que tem na garagem alguns modelos especiais.

Estacionados lado a lado estavam 40 veículos Maverick. A surpresa não era apenas um conjunto de automóveis impecáveis, mas sim a variedade de modelos, inclusive carros raríssimos como o Grabber versão especial norte-americana, a versão perua que foi produzida em série limitada na década de 1970 pela empresa Souza Ramos e o Mercury Comet derivado do Maverick.

Outros especiais também marcaram presença no encontro de Mavericks, como os modelos preparados por Batistinha, conhecido preparador de veículos antigos e tunados, filho de Luis Antonio Batista, experiente mecânico especializado em modelos Ford.

Outros visitantes VIPS eram duas réplicas da categoria Turismo 5000, equipadas com motor V8 302 e construídas em fibra de vidro. Para representar o time dos originais, estava um raro GT quatro cilindros e diversos modelos Super, LDO e Luxo nas versões hatchback e sedan quatro portas, que não chegou a fazer sucesso.

A noite do Maverick Night terminou com um desfile de modelos impecáveis, previamente selecionados por clubes e entidades de veículos antigos. O público aplaudiu cada um dos Mavericks que desfilaram, provando que um evento semanal realizado há sete anos no mesmo local e com as mesmas atrações, ainda é um programa com diversão garantida.

Os encontros do Sambódromo são realizados pela AutoShow Veículos Antigos e Especiais com o apoio da Fcaptionação Brasileira de Veículos Antigos e diversos clubes participantes.

Gosta de Mavericks?

Então veja aqui no WebMotors as melhores ofertas para esse segmento:

Maverick

Leia também:

Jeep Willys 1959: mais dessa raridade do mundo 4x4

A história da Gurgel: ousadia cobrou seu preço

O último Alfa Romeo 2300 está em Farroupilha, RS

Fiat Ballila 1935, um delicado automóvel

Ford Country Squire, o exagero do conforto durante os anos 1970

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors