Enfim, sós!

Chegou o seu momento de guiar na estrada pela 1ª vez. E agora?
  1. Home
  2. Cultura WM1
  3. Enfim, sós!
Adriana Bernardino
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- Você olha aquela máquina na garagem e sente as estradas, veias do mundo, implorando por serem desbravadas.

Com o desejo, vem o friozinho na barriga. Afinal, será que você banca dirigir horas a fio, enfrentando todos os desafios que as estradas, principalmente no Brasil, oferecem?

Claro que sim! Vá. Aventure-se. Chegou a sua hora de guiar, literalmente, pelas próprias pernas: pés no acelerador e emoção até o último fio de cabelo.

Para aumentar a confiança, a gente consultou um dos maiores especialistas em automóveis do Brasil, o jornalista e piloto de testes Bob Sharp. São dicas de quem entende e já viveu o que você viverá agora. Leia-as com atenção, imprima e, se necessário, leve-as com você.


Então, vê se não vai esquecer:


• Guie dentro do limite de velocidade, ainda que no Brasil eles não sejam perfeitos baixos demais em certos casos. Mesmo nos locais onde é permitido correr um pouco mais, lembre-se: alta velocidade é para quem já sabe tudo sobre o comportamento do veículo não é o seu caso.

• Vai ultrapassar? Fique esperto com o peso do veículo. Carga máxima de ocupantes e bagagens exigem maior distância para ultrapassagem. O carro, nessas circunstâncias, leva mais tempo para retomadas de velocidade.

• Se o motor do seu carro é de 1.0 litro, é preciso utilizar sempre altas rotações, usando as marchas altas pelo menos até 5.000 rpm, para ter potência necessária para uma ultrapassagem mais rápida..

• Use o farol baixo mesmo de dia. É importantíssimo que seu carro seja visível em todas as direções principalmente em certos trechos da Regis Bittercourt.

• Não dirija com sono. Ouviu? De novo: não dirija com sono, mesmo que seja de dia ou após comer um lanche “pesado”. Você vai ficar mais lento para reagir ou tomar decisões. Se começar a ter miragens, , então, ver coisas esquisitas, pare no posto mais próximo para um cochilo. Se estiver em um trecho em que não possa parar, experimente jogar água na cabeça, estapear-se ou tentar qualquer outro tratamento de choque até encostar o carro.

• Álcool nem pensar. Deixe para beber aquele estoque que você está levando no porta-malas quando chegar ao seu destino. Imagine o que um pouco de bebida pode fazer com o pouco de sua experiência.

• Fique de olho no tráfego oposto. Assim que um veículo começar a ultrapassar em sentido contrário ao seu, alivie o acelerador e vá para o acostamento. Já houve caso em que os dois motoristas foram para o mesmo sentido. O resultado são colisões violenta e, quase sempre, fatal.

• Nunca desvie abruptamente, pois, agir assim, em alta velocidade, pode ocasionar a perda do controle do carro. Se não tiver escolha, prefira cair no buraco ou passar por cima de alguma coisa na estrada.

• Seja sábio: mantenha boa distância do veículo à frente, principalmente se estiver chuvoso. Se ele tiver de frear ou acontecer qualquer outro imprevisto, você tem tempo para reagir.

• Óbvio: só ultrapasse em locais permitidos. Ainda que você seja tentado a dar só uma ultrapassadinha em locais proibidos, resista. Certas circunstâncias são só para motoristas muito experientes.

• Apesar de sua pouca experiência, lembre-se: existem pessoas mais inexperientes que você e não tomam os cuidados que você vai tomar com estas dicas.

• Conte também com o imponderável, fique atento para lidar com o imprevisível.

• Agora, é fazer as malas e acelerar para o inesquecível!
________________________________

Leia também:

Piloto da Vez

CNH: os fantasmas do exame

Barbeiro, eu!?

Barulhinho bom? Saiba tudo sobre ouvir música no carro

Receba as notícias mais quentes e boletins de manutenção de seu carro. Clique aqui e cadastre-se na Agenda do Carro!

______________________________
E-mail: Comente esta matéria

Indique esta reportagem para uma amigoa

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors