Logo WM1

O canal de notícias da Webmotors

Limpar buscar

GM lança Meriva com duas versões de motores

Monovolume compacto tem propulsores de 1.8 litro de 8 ou 16 válvulas
  1. Home
  2. Bolso
  3. GM lança Meriva com duas versões de motores
Redação WM1
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- A General Motors do Brasil está lançando no Brasil seu monovolume compacto de cinco lugares, que só será conhecido na Europa no mês de setembro, no Salão do Automóvel de Paris. A novidade, um veículo compacto, inovador e versátil, começa a ser vendido este mês com preços que variam entre R$ 28,2 mil versão básica 1.8 de 8 válvulas e 102 cavalos até R$ 32 mil versão básica 1.8 de 16 válvulas e 122 cavalos, com diversas opções de pacotes de equipamentos.

Funcionalidade e flexibilidade de espaço são dois destaques do modelo. Embora seja cerca de 6 cm menor do que o Astra em comprimento, o Meriva tem distância entreeixos quse 2 cm maior, o que garante maior espaço interno e grande capacidade de adaptação do espaço através do eficiente sistema “FlexSpace”, já disponível na Zafira. A opção desse novo sistema de bancos, em sua configuração completa, proporciona três lugares na traseira, que podem ser convertidos em dois lugares mais espaçosos, com o rebatimento do assento central. Isso sem contar que os bancos traseiros são parcial ou totalmente rebatíveis, otimizando o espaço para carga.

O Meriva chega ao mercado brasileiro para brigar de igual para igual no segmento de monovolumes, e terá como principais concorrentes o Renault Scénic, o Citroën Picasso, além da própria Zafira, única capaz de disponibilizar até sete lugares.

Durante rápido teste-drive entre São Paulo e Campos do Jordão, em percurso de cerca de 170 km, o Meriva equipado com motor 1.8 de 16V mostrou bom desempenho, com destaque para o comportamento em curvas, onde apresentou excepcional estabilidade. Mesmo andando próximo aos limites de velocidade, o Meriva “cola” no chão como um automóvel ele é notavelmente mais alto do que qualquer sedan, sem apresentar a incômoda inclinação da carroceria, comum nesses tipos de veículos.

Silencioso e bem acabado, o Meriva é agradável de ser conduzido, com detalhes internos de funcionalidade e ergonomia. Causa estranheza apenas a ausência da possibilidade de regulagem da altura do volante, parcialmente compensada pela regulagem milimétrica do assento do motorista, e da não disponibilidade de freios ABS e air-bag, nem como itens opcionais.

Recheada de inovações tecnológicas e com uma vasta gama de pacotes de acessórios e equipamentos, o Meriva pode ser adaptado bem ao “gosto do freguês”. Equipado com o pacote mais completo, tipo “X-Tudo” ou “Pacotão”, o preço da versão de 8 válvulas salta de R$ 28,2 mil para nada desprezíveis R$ 35,6 mil. Já a versão completa equipada com motor de 16 válvulas passa a custar R$ 40,1 mil, preço que encosta nas concorrentes de maior porte, como o Xsara Picasso.

Mas apesar de ser um monovolume que competirá, principalmente, com Scénic e Picasso, o Meriva também disputará mercado com os automóveis “hatchbacks” e “wagons” compactos, sobre os quais oferece muitas vantagens, como versatilidade de espaço interno e design inovador.

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors