Mercado de carros registra queda em 2011

Crescimento de comerciais leves eclipsa redução com novo recorde nas vendas
  1. Home
  2. Bolso
  3. Mercado de carros registra queda em 2011
Rodrigo Ribeiro
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

– O ano de 2011 registrou mais um recorde na venda de automóveis no Brasil: foram emplacados 5.573.499 veículos, sendo 3.425.549 automóveis e comerciais leves, uma alta de 2,9 % em relação a 2010, segundo a Fenabrave. Mas apesar de os números serem otimistas, um detalhe acaba revelando a retração do setor. Se considerarmos apenas o segmento de carros, foram vendidos 2.648.994 carros – uma queda de 0,1% se comparado ao ano retrasado.

O tímido índice é ocultado pelo notável crescimento do mercado, em especial no segmento de comerciais leves que engloba picapes como Fiat Strada e todos os SUVs, caminhões e ônibus. Segundo Flávio Meneghetti, presidente da entidade, a queda se deu devido à redução de crédito, atingindo principalmente os compradores dos hatches de entrada.

Contudo, a pequena redução nas vendas e as dúvidas sobre a economia europeia não desanimam a Fenabrave, que projeta um crescimento de 4,5% nas vendas de automóveis e comerciais leves. “É ano de eleição e o governo irá injetar dinheiro na economia, além de prevermos uma redução na inadimplência”, afirmou Meneghetti.

Importados
Durante a coletiva de imprensa realizada hoje em São Paulo, a Fenabrave destacou o mercado de importados, dominado principalmente por veículos oriundos da Argentina 44,01% e México 13,78%, imunes às novas regras do IPI. Com 26,84% de participação no mercado, os carros sul-coreanos e chineses são os mais impactados pelas mudanças fiscais – a entidade prevê uma queda de até 45% na venda de carros desses países.
_________________

Ainda não decidiu que carro ou moto comprar? Teste a nova busca WebMotors e escolha o modelo ideal para você.

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors