Nissan anuncia produção do Kicks no Brasil

CEO mundial da marca também confirmou investimento na fábrica de Resende

  1. Home
  2. Bolso
  3. Nissan anuncia produção do Kicks no Brasil
Marcelo Monegato
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

IMAGE

(Rio de Janeiro) - A Nissan confirmou nesta segunda-feira (4), no Rio de Janeiro, a produção do SUV compacto Kicks em Resende (RJ). Apresentado ao mundo como conceito no Salão do Automóvel de São Paulo de 2014, o modelo será um produto global e feito também em outras plantas da marca pelo mundo. O anúncio foi feito pelo CEO mundial da marca, o brasileiro Carlos Ghosn.

O mercado brasileiro será o primeiro a receber o modelo, mas a Nissan ainda não divulgou quando a produção terá início. As unidades feitas na planta fluminense alimentarão ainda outros mercados da América Latina.

A decisão da Nissan em produzir o Kicks primeiro em solo brasileiro está baseada no sucesso dos utitários esportivos e crossovers compactos. De acordo com Ghosn, este segmento registrou crescimento de 20% de 2014 para 2015 em um mercado que deverá ter uma retração superior a 25%. 

O modelo será construído utilizando a mesma plataforma do Nissan March, também feito em Resende, e deverá ser equipado com o motor 1.6 16V que está no hatch. O índice de nacionalização do SUV compacto será, inicialmente, de 74%. "Vamos puxar uma taxa máxima de nacionalização, mas existem alguns itens que não são feitos no Brasil e que precisarão ser importados", disse o executivo.

O Kicks terá a dura missão de bater de frente com os 'queridinhos' do Brasil em 2015: Honda HR-V e Jeep Renegade. O HR-V, por exemplo, foi responsável por fazer a marca japonesa ser a única a ter um volume total de vendas de janeiro a novembro de 2015 maior que no mesmo período de 2014 entre as dez marcas que mais emplacam carros no Brasil.

INVESTIMENTO

Além de confirmar a produção do Kicks no Brasil, Ghosn aproveitou para anunciar investimento de R$ 750 milhões na fábrica de Resende nos próximos três anos e a geração de 600 novos postos de trabalho na planta fluminense. Boa parte deste investimento, que é elevado, levando-se em conta que o aporte para a construção do complexo fabril foi de R$ 2,6 bilhões, será na linha de montagem do SUV compacto.

Confira nosso vídeo exclusivo com o Kicks no Salão de São Paulo:

Colaborou Iago Garcia

Consulte preços de carros novos e usados na Tabela Fipe e WebMotors

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors