O que é carro alienado? Saiba tudo sobre o assunto

Entenda o que significa o termo e de que forma isso impacta na negociação do automóvel

  1. Home
  2. Bolso
  3. O que é carro alienado? Saiba tudo sobre o assunto
Redação WM1
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

O que é carro alienado? Toda vez que você ouve sobre o assunto paira uma nuvenzinha de confusão em cima de sua cabeça? Carro alienado é todo veículo comprado no modo “alienação fiduciária”, em parcelas que ainda não foram quitadas.

Quando você compra, por exemplo, um sapato, ainda que divida o valor em várias parcelas, o sapato é seu. Quando se compra um carro desta forma não é bem assim. Explicamos!

Enquanto você não paga todas as parcelas, o carro pertence à instituição financeira que o vendeu. Você apenas faz uso dele. O carro fica no seu nome, mas está “alienado” à instituição financeira. A alienação é uma garantia para quem vende de que não terá prejuízo, caso você não consiga pagar as parcelas.

Uma vez que o bem é muito caro e as parcelas podem durar anos, essa transação é feita por bancos – financeiras ou fintechs – e é chamada de crédito com garantia de imóvel ou veículo. Como essa negociação é muito importante – principalmente para quem vende –, é preciso ter muito cuidado com acordos de alienação diretamente com o vendedor.

Por que existem carros alienados?

Esta foi uma forma de reduzir o valor total do carro para quem compra por empréstimos e financiamentos. As taxas de juros acabam sendo menores, porque o vendedor tem menos chances de ficar sem o valor da venda. Em caso de inadimplência, o carro tomado de volta pode ser revendido.

Então, todo carro parcelado é alienado?

Não. Em outras opções de crédito, o carro já sai da loja sendo inteirinho de quem o comprou. Neste caso, possivelmente, as parcelas serão mais altas, pelos juros e afins.

Cofre transparente com diversas moedas e um carrinho de brinquedo dentro, como se estivesse financeiramente protegido.
icon photo
Legenda: Há prós e contras na alienação de veículo, vale avaliar suas necessidades na hora da compra

Como fazer alienação de veículo?

O carro deve estar no seu próprio nome e com a documentação em dia, além do bom estado de conservação. Você também precisará dos seguintes documentos:

  • RG
  • CPF
  • DUT (Documento Único de Transferência do veículo)
  • CRV (Certificado de Registro de Veículo)
  • Os dois últimos são emitidos pelo Detran de cada estado. Com tudo em mãos, basta você procurar a instituição financeira de sua preferência. É importante dizer que você pode continuar com o carro.

    O que checar antes de comprar um carro alienado?

    Além do básico, que é analisar o estado de conservação do carro e a documentação, essa parte financeira precisa ser checada minuciosamente. Verifique, além das parcelas em dia ou em atraso, se o carro tem multas, ou IPVA e licenciamento pendentes.

    Como fazer consulta de alienação de veículo?

    É bem simples. Basta entrar no site do Detran do seu estado e acessar “Consulta de Veículo”. Com a placa do carro e o número do Renavam, você descobre tudo. Se aparecer “nada consta”, significa que está tudo em dia com aquele automóvel.

    O que é Renavam?

    É o Registro Nacional do Veículo, como se fosse o nosso RG. Todo carro tem esse número, que consta no CRLV (Certificado de Licenciamento do Veículo).

    Esse documento é mais do que importante e precisa estar no carro sempre, caso você seja parado por alguma autoridade - e que pode ser impresso em casa ou que pode ter sua versão digital. Este código é intransferível – como o nossa identidade –, mesmo que o carro mude de dono diversas vezes.

    Por meio deste número, são registradas no Denatran todas as informações do carro, como:

    • características gerais
    • multas
    • emplacamento
    • licenciamento
    • proprietários ao longo do tempo
    • furtos, roubos e afins
    • Nada fica oculto, viu? Só para esclarecer, o Denatran é o “chefe nacional” dos Detrans, que são estaduais. É uma hierarquia importante de você saber.

      E se você não tiver o número do Renavam? Alguns sites realizam uma consulta, que costuma ser paga, só com a placa do carro e também fornecem outras informações, como:

      • ano de fabricação
      • marca e modelo
      • possíveis financiamentos
      • dados da ficha técnica
      • restrições judiciais
      • inspeção veicular
      • situação do IPVA
      • icon photo
        Legenda: Consultar alienação de veículo é essencial na hora da negociar a compra do carro

        Tipos de alienação de veículos

        Com o nome de “alienação” há apenas um tipo: a alienação fiduciária. Também conhecida por Crédito Direto ao Consumidor (CDC).

        Outra forma de comprar veículo é o leasing, conhecido também como arrendamento mercantil. A diferença neste segundo tipo é que você não precisa necessariamente – não tem a intenção – de ficar com o carro. É como se fosse um "aluguel".

        De forma resumida, a alienação existe para facilitar a aquisição do carro. No leasing, o carro precisa ser comprado no fim do contrato, caso você queira ficar com ele por mais tempo.

        Como transferir veículo alienado?

        Primeiro, é preciso que o atual dono do carro e o possível novo proprietário do veículo concordem em relação aos valores. Depois, devem ir juntos à instituição financeira que fez o acordo.

        A transferência é feita do mesmo modo que em um financiamento. O novo dono assume as prestações a vencer. Não há outro jeito, esse trâmite todo deve ser feito pela mesma instituição.

        Como vender veículo alienado?

        Junto à instituição financeira, o atual dono tem duas opções:

        • 1ª: liquidar a dívida, e para isso paga todas as parcelas restantes
        • 2ª: “passar a dívida para a frente”, daí o novo dono decide o que fazer, se continua a pagar as parcelas ou quita tudo de uma vez. Em todo caso, o atual dono já não responde por essa alienação
        • Nesta transação, ambos serão submetidos a uma análise de crédito. E isso precisa mesmo ser feito na instituição financeira, do contrário o carro continua na responsabilidade do dono atual. Não só quanto às parcelas, como também possíveis multas e IPVA.

          Como tirar alienação de veículo quitado?

          E se este dia tão esperado chegou, quando o financiamento é quitado. Para desalienar o veículo é simples.

          No caso de Crédito Direto ao Consumidor (CDC), a instituição financeira comunica o Detran sobre o fim do pagamento. Esse processo é automático, embora possa haver falhas.

          Já no caso do leasing, como o carro fica em nome da instituição financeira, no término do pagamento das prestações o banco comunica a desalienação, mas o proprietário deve enviar pelo Correios uma série de documentos para que sejam assinados, com firmas reconhecidas e tal.

          Esperamos que você tenha conseguido entender direitinho o que é alienação. E caso você pense em comprar, vender ou alienar o seu carro, podemos ajudar.

          Já ouviu falar no Autopago? É segurança total para quem compra e quem vende. Vale a pena saber mais!

          Comentários