Queda nas vendas de veículos em maio

Previsível: venda de carro deve apresentar queda em relação a abril
  1. Home
  2. Bolso
  3. Queda nas vendas de veículos em maio
Auto Informe
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

As vendas de carros e comerciais leves em maio devem apresentar queda em relação a abril e também em relação a maior o do ano passado. Os números parciais no mês, conforme dados do Renavan, revelam que a venda diária em maio está quase 10% menor do que em maio do ano passado e 12% menos que o mês passado.

Até ontem foram vendidas 115.270 unidades, uma média de 10.480 por dia. Em maio de 2008 foram 11.497.

Mas o que esses números querem dizer?

Quer dizer que o mercado está indo bem, dentro das previsões, por dois motivos: 1 Como a prorrogação da redução do IPI vai até junho, muita gente adiou a compra para o mês que vem, até porque as montadoras não deverão aumentar o preço nesse período. 2 A primeira quinzena do mês é sempre mais fraca do que a segunda; portanto é bem provável que o índice de queda diminua nas próximas semanas.

O que se deve destacar é o crescimento da Fiat neste mês. A montadora atingiu uma participação de 27% na primeira quinzena, com 31,2 mil unidades vendidas. A Volks tem 24% e a GM tem com 18%.

No mercado total incluindo caminhões e ônibus foram vendidas 1.023 mil unidades até segunda-feira. A marca de um milhão foi registrada na quinta-feira, com 91 dias úteis. No ano passado o primeiro milhão vendido aconteceu no 92º. dia útil. O que isso quer dizer? Que as vendas diárias estão maiores este ano.
Mas a projeção oficial da associação dos fabricantes para o ano de 2009 é de queda de 4% em relação ao ano passado.
_____________________________________

TwitterTwitter
_____________________________________


Leia também:

As notícias mais importantes do mercado de automóveis

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors