Saiba quanto dura uma bateria e como cuidar dela

Veja como fazer com que um dos componentes mais importantes do veículo tenha uma vida útil maior e não te deixe na mão

  1. Home
  2. Graxa
  3. Saiba quanto dura uma bateria e como cuidar dela
Fernando Miragaya
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Ser dono de um veículo significa se preocupar com tudo que envolva o modelo, literalmente. Entre esses cuidados, muitos motoristas têm uma dúvida importante: quanto tempo dura uma bateria de carro?

De acordo com especialistas, em média, a durabilidade da bateria do carro pode ser de dois ou três anos. Mas tudo depende do cuidado do motorista.

Deixar luzes ligadas com o motor desligado ou manter o farol aceso de forma automática ao dar partida contribuem para um menor tempo de vida útil da bateria.

Além disso, a marca da bateria está diretamente ligada à durabilidade do equipamento. Quanto melhor for, a tendência é da vida útil ser maior — podendo ultrapassar até mesmo a média citada acima. Em compensação, também pode começar a dar problemas com apenas um ano de uso.

A importância da bateria automotiva

Você já parou para pensar na importância da bateria automotiva? Principal fonte de energia, ela é um dos componentes mais importantes do nosso carro e, por isso, é importante sempre estar atento as suas condições para que o veículo funcione normalmente.

Constituída de placas de chumbo (positivas e negativas) e solução de ácido sulfúrico (eletrólito), os componentes ficam instalados dentro de uma caixa plástica. Localizada embaixo do capô dos veículos convencionais, a sua manutenção deve ser feita por especialistas para não ocorrer futuros contratempos.

O faz a vida útil da bateria diminuir?

Como adiantamos acima, alguns fatores são responsáveis por prejudicar a vida útil da bateria do seu carro. Para piorar, muitas vezes algumas dessas razões são feitas de forma tão automática que muitos motoristas nem imaginavam. Para ajudá-lo, listamos alguns motivos que desgastam em excesso as baterias automotivas.

Faróis, lâmpadas internas e som ligados

Você já deve saber que esquecer faróis e lâmpadas acesos ou deixar o som ligado com o carro desligado são fatores que contribuem para uma menor vida útil das baterias automotivas. Realmente, essas são as principais causas que aumentam o consumo da peça e, consequentemente, diminuem a sua longevidade.

Veículo muito tempo parado

Pode parecer que não, mas deixar o veículo parado por diversos dias sem ligar o motor nenhuma vez é mais um fator que reduz o tempo de vida das baterias de carro.

O recomendado é dar partida e ficar alguns minutos com o carro funcionando. Caso você use pouco, procure ligá-lo ao menos uma vez por semana.

Temperatura

Vivemos em um país tropical. Durante o ano, algumas regiões registram sempre temperaturas altas, enquanto outras, em determinados períodos, o clima chega a ser negativo. Com isso, as baterias tendem a ter um desgaste maior quando ocorrem os dois extremos: muito frio ou muito calor.

icon photo
Legenda: Evite baterias recondicionadas e verifique a peça sempre em lojas especializadas
Crédito: Divulgação

No frio, a tendência é a bateria puxar mais energia para manter sua plena funcionalidade. Já quando as temperaturas são altas, a tendência é de as ligas de chumbo se corroerem mais rapidamente e o componente ter um menor tempo de vida útil.

Dicas para aumentar a durabilidade e preservar o veículo

Se você for daqueles motoristas que adoram cuidar e estar antenado sobre todos os componentes do seu veículo, aqui vão algumas dicas para que a bateria do seu carro tenha o tempo máximo de durabilidade - e você economize com a manutenção.

Atenção diária

Como mostramos anteriormente, são pequenos deslizes, como esquecer faróis ligados, que diminuem o tempo de vida das baterias. Portanto, estar sempre atento antes de trancar o carro é a principal recomendação para aumentar a durabilidade.

Esqueça baterias recondicionadas

Baterias recondicionadas são aquelas coletadas quando estão já no fim da vida e modificadas para voltarem a funcionar. Para isso, é feita a troca de eletrólito. E outros casos, as baterias são abertas e as placas desmontadas para serem colocadas em outra bateria, com eletrólito novo.

Vendidas com preços bem abaixo do convencional, de primeira, optar por baterias recondicionadas parece uma boa opção. No entanto, logo após pouco tempo de uso, o motorista irá notar que não valeu a pena e precisará trocar a peça novamente.

Faça a manutenção correta

Especialistas recomendam a revisão do carro a cada 10 mil quilômetros percorridos. Ao levar o veículo para o especialista verificar óleo, realizar o rodízio dos pneus e outros ajustes, ele também irá acompanhar a vida útil da bateria automotiva. Se necessário, ele pode limpar os terminais da peça ou sugerir a troca.

Principais marcas de bateria de carro

Ter o melhor para o seu veículo traz mais segurança e durabilidade. Com isso, ao escolher as melhores marcas de bateria de carro, você garante maior durabilidade e evita dores de cabeça com o componente.

Cada uma delas tem linhas e garantias diferentes. Vale avaliar caso a caso qual é a melhor opção para o seu veículo. Caso precise de ajuda, procure por um especialista no assunto para te orientar na escolha.

Conheça quais são as mais conhecidas no Brasil:

  • Moura
  • Heliar
  • Bosch
  • Fazer chupeta na bateria automotiva é bom ou ruim?

    A prática não é a escolha mais recomendada por especialistas, principalmente se você pensa em ter a maior durabilidade possível do componente. Porém, se a peça falhar em uma estrada, por exemplo, e esse for o único recurso para chegar em casa, realize a chupeta na bateria automotiva.

    No entanto, ao voltar para casa, já procure por uma loja especializada em baterias e verifique o que aconteceu com a peça. Caso seja necessário, troque por uma nova e evite problemas de desgaste no veículo ao usar um componente danificado.

    icon photo
    Legenda: Fazer a chamada chupeta não é o ideal, mas pode ser a solução em momentos de pane
    Crédito: iStock

    Como fazer o descarte correto da bateria

    Quando a vida útil da bateria do seu carro acaba, é hora de trocá-la. Mas você sabe como fazer o descarte do componente atual? Por ser produzida com diversos componentes químicos, colocar a bateria automotiva em qualquer lixo é extremamente prejudicial ao meio ambiente.

    Caso você tenha experiência e faça a troca da peça por conta própria, encontre um descarte adequado para se desfazer da bateria. Se não souber, leve para um local especializado e deixe que o profissional substitua e descarte o componente.

    Saiba tudo sobre o seu carro com o WM1!

    Aqui no WM1, você fica por dentro de tudo sobre o mundo automotivo. Ou seja, além de dicas para o seu próprio veículo, acompanhando o nosso portal de notícias, você fica por dentro de todas as novidades sobre automóveis no Brasil e no mundo.

    Agora, se você quiser encontrar novos modelos para trocar ou adquirir o sonho do seu próprio carro, confira os melhores anúncios aqui mesmo na Webmotors e encontre aquela opção que cabe no seu bolso!

     

    Comentários

    Ofertas Relacionadas

    logo Webmotors