Dacia Logan Steppe

Conceito mostra como poderá ser a nova perua Renault no Brasil
  1. Home
  2. Lançamentos
  3. Dacia Logan Steppe
Luís Figueiredo
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- No início de fevereiro o presidente mundial da Renault-Nissan, o brasileiro Carlos Ghosn, anunciou um plano estratégico para o grupo. O Brasil faz parte dessa conjuntura e terá boas novidades, começando pela chegada do novo Mégane, agora em março.

Para 2007, está planejada a família de compactos Logan – atualmente fabricado pela Dacia, subsidiária romena da Renault, e vendido no leste europeu com preço em torno de 5 mil Euros. Aqui no Brasil ele será produzido na unidade de São José dos Pinhais, PR e disputará no segmento de entrada com o Fiat Mille e o novo compacto da Ford.

Conforme antecipou nosso colunista Fernando Calmon Alta Roda, além do sedã haverá outros dois produtos derivados, incluindo uma station wagon perua e até um utilitário esporte. Exemplo do que poderá ser essa perua aqui com trejeitos “aventureiros” está sendo exibido como conceito pela marca no Salão de Genebra. É o Logan Steppe, que traz rodas de 17 polegadas, faróis de xenônio e outros equipamentos sofisticados que dificilmente estariam presentes num carro "de entrada".

Os vários adereços externos – e internos – tentam disfarçar como será o carro, mas o básico se vê facilmente. São linhas que lembram um Kangoo mais baixo e “esticado”, com interior limpo e simples, trazendo apenas o básico. A Renault não divulgou informações sobre a mecânica do carro, mas estima-se que siga o elementar – e de menor custo. Possivelmente aproveitará o motor de 1,6 litro flexível em combustível que atualmente equipa o Clio.

É a receita da Renault para baratear o carro, vender mais e recuperar mercado, garantindo a eficácia do plano de Ghosn.

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors