Focus C-Max: no mercado europeu ainda este ano

Modelo terá 5 lugares e chegará com várias novidades
  1. Home
  2. Lançamentos
  3. Focus C-Max: no mercado europeu ainda este ano
Redação WM1
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- O novo Focus C-Max, versão monovolume do premiado modelo Ford, já está sendo produzido na fábrica da montadora em Saarlouis, na Alemanha. A previsão da marca é lançar o modelo ainda este ano em 33 países europeus.

O modelo foi exibido pela primeira vez no Salão de Paris, em 2002, ainda como conceito. Mais alto e com maior distância no entreeixos do que o Focus, o C-MAX terá três opções de motores: dois novos turbodiesel e um a gasolina Duratec, além de uma nova transmissão de 6 velocidades.

O modelo terá ABS de série em todas as versões, ESP Controle de Estabilidade, de série apenas na Alemanha, e será calçado com rodas 15 polegadas e pneus 195/65 ou 16 polegadas e pneus 205/55. A minivan terá como opcionais rodas de 17 polegadas com pneus 205/50 e 18 polegadas com pneus 225/40.

A segurança do C-MAX foi reforçada. O modelo conta com airbags frontais de duplo estágio e laterais montados nos bancos de série, além de cortinas laterais proteção para as cabeças como opcionais.

A exemplo de seus concorrentes, o C-MAX que terá capacidade para 5 ocupantes oferecerá sistema de movimentação e arranjo dos bancos traseiros – nas versões Trend e Ghia. O assento central poderá ser deslocado para o porta-malas e os bancos laterais poderão ser movidos não só para a frente e para trás, como também na diagonal, para o meio do compartimento.

O sistema de som do C-MAX será sofisticado. A minivan será equipada com áudio Sony, sendo que a versão “top” terá disqueteira com capacidade para 6 discos e 8 alto-falantes, enquanto a versão “inferior” terá leitor de MP3.

Os motores a diesel que equiparão o C-MAX foram desenvolvidos em conjunto com a PSA Peugeot-Citroën. O primeiro, 1,6 litro 110 PS Duratorq TDCi é construído em alumínio, equipado com turbo de geometria variável e controles “drive-by-wire”. Essa versão terá 108 cavalos de potência e 24,1 kgfm de torque. Segundo a Ford, o C-MAX equipado com esse motor acelera de 0 a 100 km/h em 11,7 segundos.

O segundo motor é o 2,0 litros 135 PS Duratorq TDCi. Equipado com transmissão de 6 velocidades, tecnologia “drive-by-wire”, esse motor terá 133 cavalos de potência e torque máximo de 32,1 kgfm. A Ford afirma que com esse motor, o C-MAX vai de 0 a 100 km/h em 9,6 segundos.

O motor a gasolina será o Duratec HE, 1,8 litro, de 118 cavalos de potência e 17,0 kgfm de torque máximo. Segundo a Ford, essa versão faz o C-MAX acelerar de 0 a 100 km/h em 11,1 segundos.

A Ford investiu o equivalente a 350 milhões de euros na produção do monovolume, incluindo uma grande reforma na fábrica de Saarlouis. A Ford planeja produzir 96 mil unidades do novo Focus C-Max ainda este ano - serão 1.060 unidades diárias. A capacidade de produção total da planta é de 1.735 unidades/dia.

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors