Modelos de entrada da Chevrolet ganham motores do Corsa

Motor VHC de 1-litro com 77 cv é o mesmo que já era utilizado no compacto premium. Prisma também ganhou o 1,4-litro do Corsa
  1. Home
  2. Lançamentos
  3. Modelos de entrada da Chevrolet ganham motores do Corsa
Rodrigo Samy
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- Quando o Chevrolet Celta chegou ao mercado, em 2000, ele não utilizava o motor VHC. A motorização com a sigla que indica alta taxa de compressão Very High Compression entrou pouco depois, a partir de 2002. O primeiro propulsor trabalhava com uma taxa de 9,4:1 e oferecia 60 cv de potência a 5.000 rpm. O com a sigla VHC trabalhava com uma taxa de 12,6:1 e oferecia 70 cv a 6.400 rpm. Sem ter como elevar mais a taxa para galgar mais potência, a GM aproveitou a necessidade de se enquadrar às novas normas de emissões e aplicou o motor 1-litro do Chevrolet Corsa no Celta e no Classic. Conclusão: novos modelos para 2009 e maior potência, utilizando um velho motor.

Batizado de VHC E segundo a montadora a letra adicional indica Energia, Economia e Ecologia, o motor “velho novo” do Corsa aumentou a potência dos carrinhos de 70 cv gasolina e 72 cv álcool para respectivamente 77 cv gasolina e 78 cv álcool. Os torques passaram de 8,8 kgm gasolina e 9 kgm álcool, para 9,5 kgm gasolina e 9,7 kgm álcool, respectivamente, a 5.200 rpm.

A relação peso/potência entre o modelo lançado e seu antecessor não é muito diferente. O novo Celta pesa 860 kg e o antigo, 834 kg ambos na versão duas portas. A “novidade” oferece ao consumidor 11,1 kg/cv; o antigo, 11,9 kg/cv.

Chevrolet Prisma

Com o Prisma a história foi semelhante. Ele herdou a motorização do Corsa 1,4-litro. Agora, o Prisma passou dos 89 cv de potência, quando abastecido com gasolina, para 95 cv a 6.000 rpm. O torque do Chevrolet Prisma também evoluiu de 12,4 kgm, com gasolina no tanque, para 13,2 kgm, a 2.800 rpm. Já com álcool o torque aumentou de 12,9 kgm para 13,7 kgm, enquanto a potência se manteve em 97 cv a 6.000 rpm.

Outra novidade aplicada aos três novos modelos é o tanque de combustível. Agora fica mais caro para encher até a boca algo não recomendado, por causa do cânister, mas a autonomia está maior. São 54 l contra 47,8 l. De acordo com a GM, o Celta, por exemplo, tem uma autonomia de 1.000 km com gasolina nesta nova configuração, com um consumo de 17,8 km/l no circuito rodoviário.

Siga a gente no Twitter! Novidades, segredos e muito mais: www.twitter.com/WebMotors

Gosta de carros da Chevrolet?

Então veja as ofertas das concorrentes brasileiras da Sharan no WebMotors:

Chevrolet Zafira

Gosta de populares?

Então veja aqui no WebMotors as melhores ofertas:

VW Gol

Fiat Palio

Fiat Mille

Chevrolet Classic

Leia também:

VW Fox deve ganhar nova dianteira em 2009

308 Sedan, que irá à Argentina, surge antecipadamente

Como seria o Ka Sedan? Eduardo Oliveira responde

Ford disfarça suas novidades no Salão do Automóvel

SEGREDO – VW Tiguan, em testes no Brasil, deve ir ao salão

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors