Novo Chevrolet Aveo: benefício da dúvida

Fabricante não confirma, mas há boas chances do compacto mundial da Chevrolet vir para o Brasil
  1. Home
  2. Lançamentos
  3. Novo Chevrolet Aveo: benefício da dúvida
Auto Press
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

– A nova geração do Aveo debutou no Salão de Paris de 2010 com um objetivo claro: ser o compacto mundial da Chevrolet. E, aos poucos, o novo modelo da General Motors vai ganhando o globo. Acaba de estrear em alguns países da Europa e nos Estados Unidos, onde foi batizado de Chevrolet Sonic. Só que, nesta onda de lançamentos, o Brasil ficou aparentemente de fora. A GM brasileira desmente o lançamento da versão hatch do modelo, apesar de o presidente mundial da GM, Dan Akerson, ter falado em “planos agressivos” para o Brasil durante último Salão de Genebra. Na ocasião, Akerson revelou que o país iria receber o Cruze – já confirmado –, o subcompacto Spark e o Aveo. Por aqui, o compacto desenvolvido pelo braço sul-coreano da General Motors seria um substituto natural do Corsa – que foi lançado em 1994 e ganhou uma nova geração 2002.

A preocupação da GM brasileira em atualizar sua linha pesa a favor da vinda do modelo. Hoje a fabricante trabalha em projetos como Ônix, que prevê um substituto para Celta e Prisma, provavelmente inspirado no subcompacto Opel Agila – nada a ver com o Agile –, em uma nova S10, além de já ter como certa a vinda do Cruze para assumir o lugar do Vectra. Falta uma novidade no segmento de maior volume e importância, que é o de compactos.

Caso venha para o Brasil, o Aveo seria produzido na fábrica de São Caetano do Sul, em São Paulo – onde atualmente é feito o Corsa. O motor deverá ser uma versão nacional do 1,4L Ecotec, propulsor utilizado pelo Opel da Europa. Este propulsor, aliás, será feito na nova fábrica em Joinville, Santa Catarina, a partir de 2012. O Aveo nacional poderia abastecer mercados vizinhos com o da Argentina, onde atualmente é comercializada a antiga versão.

É impossível fazer uma previsão de quanto o Aveo custaria no Brasil. A única certeza é o valor superior ao pedido na Europa, como acontece com todos os carros vendidos tanto aqui como lá. O Aveo destinado ao público europeu parte de 10.320 euros, o equivalente a R$ 23,5 mil. Para se ter uma ideia, o Corsa mais barato é encontrado nas concessionárias brasileiras da marca a partir de R$ 33.766. Especulações ainda apontam que o Aveo poderia brigar no Brasil acima do Agile, mirando o Ford New Fiesta.

O visual é um dos argumentos a favor do Aveo. O modelo se destaca pelas linhas agressivas e pelos faróis circulares indepententes, sem a tradicional cobertura de policarbonato. A grade segue a atual linguagem de design da Chevrolet enquanto a lateral chama a atenção pela linha de cintura irregular, quase rabiscada. Esta se inicia na caixa de rodas dianteira e termina na terceira coluna, transmitindo ousadia estética. Na traseira fica a parte mais controversa. Lá estão lanternas arredondadas – duas de cada lado – em uma moldura escura e vidro diminuto.

Atualmente o Chevrolet Aveo é vítima do desencontro de informações. Enquanto diversas publicações especializadas citam fontes que garantem a vinda do compacto entre setembro e dezembro deste ano, a própria General Motors do Brasil já publicou uma nota oficial desmentindo as especulações. Procurada novamente, a assessoria de imprensa diz que não comenta a respeito de futuros lançamentos. Mas uma coisa é certa: o Aveo seria um grande trunfo para a marca no Brasil. Sem sombra de dúvidas.

Primeiras impressões: pequeno valente
Por Carlo Valente do Infomotori/Itália exclusivo para Auto Press
Zurique/Suíça –
O teste do Chevrolet Aveo foi realizado às margens de um lago na maior cidade da Suíça. Lá estava o modelo equipado com o motor 1,4 litro de 100 cv a gasolina – versão cotada para ir para o Brasil. A transmissão era automática CVT. Um primeiro contato com o modelo em estrada e foi possível notar a que o Aveo é estável e confortável em todas as superfícies da rodovia e até ao encarar pistas com muitas imperfeições. De uma forma geral, é notável como o Aveo se mostra um bom companheiro para a vida cotidiana. Graças às muitas melhorias estruturais e no motor, o hatch se apresenta como um carro muito silencioso.

Os engenheiros da Chevrolet optaram por uma suspensão macia e voltada para o conforto. A subsidiária da General Motors não demonstrou grandes ambições quanto à aerodinâmica ou à esportividade. A vocação do modelo é mesmo ser o carro ideal para ir ao trabalho, às compras ou levar os filhos à escola. A transmissão automática CVT não é nenhuma novidade, e continua voltada para o conforto. Mesmo assim foi possível notar durante o trajeto algumas hesitações da transmissão durante as subidas. Outro ponto positivo foi a atenção dada à dirigibilidade. Uma série de sistemas eletrônicos auxilia as manobras realizadas pelo Aveo em situações de tráfego cotidiano ou trânsito complicado.

O interior do novo Chevrolet Aveo é básico, mas sem ser singelo. Além do porta-luvas com dois compartimentos, o console central tem entradas USB para dispositivos auxiliares, para conectar o iPod, smartphones e outros aparelhos eletrônicos de maneira discreta. Os dispositivos podem ser controlados através do volante ou por interfaces no rádio. Um segundo e mais amplo compartimento tem abertura silenciosa e trava simplificada. O modelo também é generoso em termos de porta-trecos, presentes até mesmo sob o assento e o assoalho do porta-malas, no caso do hatch.

As opiniões expressas nesta matéria são de responsabilidade de seu autor e não refletem, necessariamente, a opinião do site WebMotors.
_________________
Comente esta materia no Facebook e concorra a brindes do filme Carros 2

Gosta de hatches compactos?

Então veja aqui no WebMotors as melhores ofertas para este segmento:

Volkswagen Gol

Chevrolet Corsa

Fiat Uno

Ford Fiesta

Volkswagen Fox

Chevrolet Celta

Fiat Palio

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors