Salão de Frankfurt 4x4

Para todos os gostos
  1. Home
  2. Lançamentos
  3. Salão de Frankfurt 4x4
Fernando Calmon
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- O maior salão do automóvel do mundo, realizado bienalmente em um complexo de pavilhões e prédios quatro vezes maior que o Anhembi São Paulo, SP, foi rico de novidades em todas as faixas de preço. A onda do SUV - Sport Utility Vehicle, Veículo Utilitário Esporte, em inglês - não pára de crescer. A Volkswagen, por exemplo, prepara o Marrakesh sobre a arquitetura do Golf ainda sem divulgar imagens e a Renault mostrou um modelo conceito, batizado de Egeus, na categoria Premium, que será uma mistura de utilitário e cupê de quatro portas. Os híbridos motores a combustão e elétricos também estão chegando firme aos utilitários.

O Audi Q7 roubou a cena por seu porte - leva 7 passageiros em 3 fileiras - e por partilhar a arquitetura com o Porsche Cayenne, que também gerou o VW Touareg. Tem mais de 5 metros de comprimento, molas a ar ajustáveis vão livre varia de 18 a 24 cm e sistema de tração que nada tem a ver com a Quattro dos automóveis. Em 2007, chega uma versão menor, de 5 lugares. O sistema de ajuda ao estacionamento inclui, atrás, câmera e ultra-som. O interior usa materiais nobres e de bom gosto, como convém a um modelo Premium. Um protótipo híbrido também foi exibido. No Brasil, em setembro de 2006, partirá de R$ 400.000,00, com motor V8 de 350 cv.

Igualmente para o próximo ano é o RAV 4, cuja terceira geração foi bem recebida em Frankfurt. Modelo médio mais vendido na Europa, a Toyota aumentou todas as suas dimensões, mas manteve o conhecido desenho das colunas traseiras. O conjunto ficou interessante. O interior está mais espaçoso e o banco traseiro desliza longitudinalmente por um curso de 16 cm. O motor 2-litros de 150 cv não mudou. A tração 4x4 continua sendo do tipo sob demanda, semelhante à do EcoSport. A segurança ativa melhorou: o controle de trajetória agora se integra ao sistema de assistência da direção elétrica, evitando correções equivocadas no volante.

Outro que precisava de atualização, depois de sete anos sem grandes mudanças, é o Grand Vitara, também na terceira geração. O veículo cresceu para oferecer mais conforto interno, mas a altura ficou total ficou um pouco menor. A Suzuki melhorou bastante o rodar do carro, associando um chassi convencional tipo escada à construção monobloco, além de adotar suspensão traseira independente. Manteve a tradição de versões de três e cinco portas com estilos bem marcantes, inclusive motores exclusivos de 1,6 e 2 litros, respectivamente. As rodas têm 17 pol de diâmetro com pneus largos, 225-65.

Ainda apresentado como carro conceito, batizado de D-Compact 4x4, a Daihatsu, na realidade, pré-lançou o sucessor do Terios, que quase não mudou ao longo de oito anos. Claro, o veículo está bem mais encorpado e as linhas modernas melhoram bastante sua presença, com destaque aos arcos de rodas. Apesar da maior distância entre eixos, conseguiu bons 10 metros de diâmetro de giro. A subsidiária da Toyota também revelou progressos quanto à proteção de pedestres. Início das vendas: começo de 2006.

A Ssangyong mostrou o Kyron pela primeira vez no Ocidente, mas a comercialização só começa no final do primeiro quadrimestre de 2006. Seu estilo impressiona pelo equilíbrio e modernidade. Com 2,74 m de entreeixos, oferece ótimo espaço interno. A suspensão traseira é independente

Os chineses estrearam no maior salão do mundo com três marcas. Embora acabamento e qualidade parecessem toscos, a Jiangling veio com SUV Landwind de linhas antiquadas, o porte do Kyron e versões 4x4 e 4x2. Mas com preço de entrada imbatível: R$ 80.000,00 - se fosse vendido no Brasil.

Os Jeeps Patriot e Compass surgiram como veículos conceituais. Os planos da DC para eles são ambiciosos. O primeiro, previsto para 2007, tem linhas mais autênticas, com toques do Wrangler, na dianteira e da Cherokee, na traseira. O segundo, projetado visando os europeus, na categoria do RAV4, pretende atrair público feminino para a marca, no final de 2006. Existe chance de produção na fábrica da DC em Juiz de Fora, MG.
_______________________________
E-mail: Comente esta matéria

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors