VW Kombi 4x4 chegou a passar pelas pranchetas da VW

Imagine só um sistema de tração nas quatro rodas para a utilitária de maior custo-benefício do Brasil
  1. Home
  2. Lançamentos
  3. VW Kombi 4x4 chegou a passar pelas pranchetas da VW
Rodrigo Samy
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- Ontem publicamos uma reportagem sobre a Kombi Export de Ernst Martin Scherwits. No mesmo dia em que marcamos a entrevista, o administrador de empresas e ex-funcionário da Volkswagen também nos mostrou outra loucura. Uma Kombi com tração 4x4 capaz de subir até paredes.

Apesar da exclusividade tecnológica, o modelo não faz os olhos de ninguém brilharem. Com uma pintura maltratada pelo tempo, o grande trunfo da Kombi de Scherwits é o projeto que foi engavetado pela Volkswagen brasileira.

A história desta Kombi começa em 1979, quando a empresa paulista Dacunha Veículos, associada à QT Engenharia, desenvolveu um sistema inédito de tração 4x4 para a Kombi. A vantagem é que a empresa Dacunha era especializada em veículos off-road. Chegou a desenvolver veículos para o exército e o Jeg.

O projeto não vingou e sobraram apenas duas unidades da utilitária 4x4. Uma foi totalmente desmontada e a outra ficou com o funcionário da Volkswagen, na época, Scherwits. A idéia do funcionário era viabilizar o projeto como kits, já que a multinacional o havia deixado de lado.

O administrador de empresas conta que esperou a patente da Dacunha caducar e virar domínio público para tocar o projeto para frente com a ajuda de um empresário. Mais uma decepção: o kit também esbarrou nos custos operacionais e no fornecimento de peças.

Hoje, Scherwits se vangloria de ter a única Kombi 4x4 do Brasil além daquela Export que mostramos ontem e sonha em ver a tração nas quatro rodas abraçada por ele engrenada nas utilitárias pelo país.

Mesmo demonstrando todo o carinho por estas raras vans, o saudosista afirma que ambas estão à venda. A única coisa que ele não revelou foi o preço, só adiantou que é impossível praticar o preço de tabela nas jóias raras.

Como funciona a Kombi 4x4

Ao câmbio original é acoplada uma nova caixa de transferência, diferente da dos veículos 4x4 tradicionais, sem marcha reduzida. Desta nova caixa de transferência saem dois eixos-cardã que se conectam com um diferencial dianteiro. Vale lembrar que a Kombi possui câmbio e motor originais na parte traseira.

A sustentação dos eixos é feita por travessas adaptadas ao próprio chassi do automóvel. O diferencial dianteiro joga força nas rodas dianteiras por meio de semi-eixos, conhecidos no mundo dos pesados como cruzetas.

Para acionar a tração 4x4, a Kombi tem no assoalho uma segunda alavanca que tem a incumbência de acionar o sistema. Para agüentar o tranco e o peso extra, a suspensão dianteira recebeu reforço.

Gosta de vans utilitárias?

Então veja aqui no WebMotors as melhores ofertas:

Chevrolet Trafic

Hyundai H100

Volkswagen Kombi

Iveco Daily

Mercedes-Benz Sprinter

Leia mais sobre notícias sobre competição:

SEGREDO! – VW Robust, a picape média da marca alemã

SEGREDO: Ford decide importar Transit

SEGREDO! – Hafei Minyi é flagrado em estacionamento

Kombi: Dura de matar 5.0

Iveco lança novos Stralis e Daily

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors