Bimota BD6R Delírio, exclusiva e artesanal

Pilotamos a única unidade da Bimota DB6R Delírio disponível no Brasil; naked usa motor Ducati e custa quase R$ 100 mil
  1. Home
  2. Motos
  3. Bimota BD6R Delírio, exclusiva e artesanal
Agência Infomoto
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- A italiana Bimota, uma das marcas mais exclusivas do mundo das duas rodas, desembarcou no Brasil por intermédio da Perfect Trading. Construída quase que artesanalmente na modesta fábrica de Rimini Itália, a Bimota oferece produtos com design premiado e componentes de última geração. Nesse “mototeste” pilotamos a única unidade da DB6R Delírio disponível no país.

Equipada com motor Ducati 1100, a moto “made in Italy” é a tradução da própria tecnologia da emoção. E é por esta união entre sofisticação, exclusividade e tecnologia embarcada que a marca pode ser considerada a Ferrari da motos. Detalhe: a DB6R Delírio, top de linha entre as nakeds da Bimota, está avaliada em R$ 97 mil.

Design

De cara, o motociclista fica impressionado pelo visual agressivo. Design único, acabamento em fibra de carbono, muitas peças de grife – Brembo, Marzocchi, Extreme Tech e Marvic – além de um coração que pulsa firme e forte. Essa naked traz como grande diferencial a balança traseira construída em treliça. A Bimota é a única marca do mundo a utilizar esta configuração.

Na parte dianteira, o farol de forma triangular ganhou uma moldura em fibra de carbono, peça que incorporou também os piscas e serve também como uma espécie de cockpit para o painel de instrumentos. Aliás, muitas das peças usinadas utilizadas nos modelos da marca são feitas uma a uma, quase que artesanalmente, na fábrica italiana. Por isso a produção anual é limitada a 600 unidades.

O desenho do tanque, em conjunto com a altura do banco e a posição das pedaleiras, faz com que o piloto “vista” a DB6R Delírio. Confortavelmente posicionado sobre a moto, o motociclista tem à sua frente um guidão largo que oferece boa posição de pilotagem. Desculpem o trocadilho, mas a DB6R Delírio é um colírio para os olhos dos motociclistas mais exigentes.

Impressões de pilotagem

Quando se dá a partida, o som grave que sai das belas ponteiras posicionadas sob a rabeta instigam o piloto a acelerar sem dó a “macchina” italiana que, segundo o importador, pode chegar a até 230 km/h. Nas primeiras impressões de pilotagem, a DB6R Delírio é uma moto leve, ágil, estável, segura, rápida e que oferece um bom ângulo de inclinação nas curvas.

Equipado com injeção de combustível, o propulsor bicilíndrico em “L” a 90º, com duas válvulas por cilindro, responde com muita eficiência ao giro do acelerador, oferecendo muita potência. Com 1.078 cm³ de capacidade, produz 95 cv de potência e 10 kgm de torque.

Trata-se da última versão do vigoroso motor Ducati 1100, do modelo Multistrada, e tem muita força para aceleradas e retomadas, principalmente em baixas e médias rotações. Ou seja, em um piscar de olhos o motociclista já passou dos 100 km/h. Para facilitar a vida do piloto, a moto conta ainda com um amortecedor de direção da Extreme Tech.

Outro diferencial é sua embreagem antiblocante. O acionamento é hidráulico, porém os discos trabalham a seco. Esse sistema é muito similar ao utilizado pela equipe Ducati no Mundial de Superbike.

Suspensão e freios

Na parte ciclística, a DB6R Delírio dá um show de soluções tecnológicas, que se refletem em equilíbrio e segurança. No trem dianteiro, a moto italiana está equipada com suspensão invertida upside-down Marzocchi com múltiplas regulagens. Já os sistemas de freios da grife Brembo usam disco duplo de 320 mm diâmetro com pinça radial. Na traseira, suspensão monoamortecida da Extreme Tech, com várias posições de regulagens e 130 mm de curso. A Delirio traz disco simples, também Brembo, de 220 mm diâmetro e com pinça de dois pistões atrás.

Resumindo: mesmo nas situações extremas de uso, o conjunto de suspensões e freios trabalha em harmonia, oferecendo respostas rápidas e precisas. Detalhe: o freio dianteiro é superdimensionado, por isso o piloto dever ter sensibilidade para acionar de forma progressiva o manete. Para ajudar na nobre missão de parar esta jóia-rara, a DB6R Delírio usa rodas Marvic calçadas com pneus de desenho esportivo fabricados pela Continental Sport Attack.

FICHA TÉCNICA – Bimota DB6R Delirio















MOTOR Quatro tempos, bicilíndrico em “L” a 90º, duas válvulas por cilindro, sistema distribuição Desmodrômico e com refrigeração mista ar – óleo, 1.078 cm³
POTÊNCIA95 cv a 7.000 rpm
TORQUE10,5 kgm a 5.500 rpm
ALIMENTAÇÃO Injeção eletrônica Magneti Mareli
CÂMBIO Seis velocidades
TRANSMISSÃO FINAL Corrente
PARTIDA Elétrica
RODAS Dianteira e traseira de aro 17”, liga de alumínio forjada - Marvic
PNEUS Dianteiro 120/70 ZR 17 - 3,5 X 17” - Continental Sport Attack; traseiro 180/70 ZR 17 - 5,5 X 17” - Continental Sport Attack
CHASSI Monobloco, com comprimento de 2.045 mm, largura de 830 mm m, entreeixos de 1.430 mm, altura de 1.110 mm, altura do assento de 820 mm e peso a seco de 170 kg
TANQUE16 l 5 l reserva
SUSPENSÃO Dianteira invertida Marzocchi, com múltiplas regulagens e 120 mm de curso; traseira com balança monoamortecida Extreme Tech, com múltiplas regulagens e 130 mm de curso
FREIOSDianteiro com dois discos flutuantes de 320 mm diâmetro com pinça radial - Brembo; traseiro com disco de 220 mm diâmetro com pinça 2 pistões - Brembo
PREÇO R$ 97 mil na Perfect Trading 11 5532-1880 ou acesse www.bimotabrasil.com.br


Gosta de motos naked?

Então veja aqui no WebMotors as ofertas de motos com esse estilo:

Honda CB 600F Hornet

Kasinski Comet 250

Suzuki Bandit N 600

Leia também:

Suzuki mostra a B-King 2008, uma naked vitaminada

Honda CB 1300 Super Four, uma grande moto

Kasinski Comet Phase2

Ducati Monster 695

Honda CBR 600RR 2007

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors