BMW aposta em motos usadas para rentabilizar

Marca alemã lança programa oficial de venda de seminovas certificadas, com garantia de fábrica e opção de financiamento

  1. Home
  2. Motos
  3. BMW aposta em motos usadas para rentabilizar
Roberto Dutra
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Pouco mais de um mês atrás, noticiamos aqui na editoria motos do WM1 que a Harley-Davidson criava, nos Estados Unidos, um projeto de venda de motocicletas usadas em suas concessionárias. Certificadas e obedecendo a certos critérios, as motos terão direito a garantia e financiamento, entre outros benefícios. Pois bem: enquanto a marca americana não faz o mesmo no Brasil, quem adota essa ótima estratégia com as motos usadas, para rentabilizar - principalmente as concessionárias -, é a BMW.

A marca de origem alemã lança, aqui no Brasil, o BMW Motorrad Premium Selection (BMPS). É um programa oficial de venda de motocicletas seminovas certificadas e com garantia de fábrica por dois anos. Segundo a marca, as motos passarão por uma verificação de qualidade técnica, com a checagem de mais de 50 itens. Com a iniciativa, a BMW é a primeira marca a ter essa modalidade de venda em caráter oficial no país.

"Com essa iniciativa, reforçamos inclusive a confiança em nossa rede de concessionárias", explica Matheus Pereira, gerente sênior de Clientes e Desenvolvimento de Negócios da BMW Motorrad no Brasil.

Outros benefícios incluídos no programa são a possibilidade de financiamento e o BMW Service Card, um serviço de emergência e assistência 24 horas, 365 dias por ano, com cobertura em todo o Mercosul. Por meio de uma chamada, o serviço é acionado para garantir que o cliente possa voltar à estrada. Se o problema não puder ser resolvido na estrada, o atendimento do BMW Service Card conduzirá a moto até a concessionária BMW Motorrad mais próxima.

Comentários