BMW K1200GT: esportiva com uma bela dose de conforto

Equipada com motor de quatro cilindros, a motocicleta oferece muito conforto e desempenho para longas viagens
  1. Home
  2. Motos
  3. BMW K1200GT: esportiva com uma bela dose de conforto
Agência Infomoto
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- Como se não bastasse todo o conforto do banco, do pára-brisa eletricamente ajustável e dos aquecedores de manopla, a BMW K 1200 GT oferece também um potente e elástico motor para longas viagens. Praticamente o sonho de qualquer mototurista que planeje percorrer milhares de quilômetros sobre uma moto, mesclando o conforto de uma touring com o desempenho de uma esportiva.

Lançada no Brasil em 2007, além de todas as qualidades de uma grãturismo, essa alemã tem como destaque o motor de quatro cilindros em linha transversal. Herdado da esportiva K 1200 S, o propulsor tem 1.157 cm³ de capacidade, quatro válvulas por cilindro e refrigeração líquida, e produz 152 cv de potência máxima a 9.500 rpm. Mais que suficiente para levar essa BMW a mais de 250 km/h. Desempenho elevado para uma moto de sua categoria.

Outra qualidade desse motor é sua curva de torque um tanto plana. Desde as baixas rotações o motor já demonstra força, até atingir seu par máximo de 13,2 kgf.m a 7.750 rpm. Na estrada, isso resulta em mais conforto para o motociclista, que pode “economizar” nas reduções de marchas. Em algumas ultrapassagens, não é preciso nem reduzir da sexta para a quinta marcha. Basta acelerar mais para o giro crescer e a K 1200 GT ganhar velocidade.

Conforto e segurança

Mas o conforto oferecido por essa alemã não fica restrito ao motor. Tudo parece projetado para quem quer pegar a estrada. Além do banco largo e macio com regulagem de altura, traz pára-brisa com ajuste elétrico e guidão ajustável em quatro posições. Tudo para que o piloto fique confortável e rode por centenas de quilômetros. Outro grande trunfo da K 1200 GT é seu tanque com capacidade para 24 litros de combustível que, segundo a montadora, oferece autonomia de 400 quilômetros a velocidade constante de 120 km/h.

A versão Premium, única à venda no Brasil, da K 1200 GT ainda traz diversos opcionais úteis em uma longa viagem: computador de bordo com informações sobre consumo, autonomia e velocidade média e máxima, além de aquecedor de manoplas. Na parte ciclística, destaque para a suspensão eletronicamente ajustável ESA, que regula a compressão e o retorno e também a précarga da mola ao simples toque de um botão.

Outra maravilha tecnológica que confere muita segurança a essa K 1200 GT top de linha é o Automatic Stability Control controle automático de estabilidade, uma espécie de controle de tração que evita sustos em superfícies com pouca aderência. Outro item de série são os freios ABS antitravamento. Apesar de tanta tecnologia embarcada, a K GT está equipada com o tradicional sistema de transmissão por eixo-cardã, item que está presente na primeira BMW a R 32, isso há exatos 85 anos.

Além dos equipamentos opcionais, a BMW oferece ainda diversos acessórios, como malas laterais rígidas, topcase, mala de tanque, etc... Enfim, tudo para fazer dessa grã-turismo a companheira ideal em viagens.

Tudo tem seu preço

Como tudo na vida, o conforto e a segurança dessa grã-turismo alemã têm seu preço. Aliás, a K 1200 GT Premium tem o preço mais alto entre todas as motos BMW à venda no País: R$ 92,90 mil. Um preço alto, porém justificado por toda a tecnologia embarcada nesta motocicleta.

No exterior, a K 1200 GT tem fortes concorrentes como a Yamaha FJR 1300 e a Honda ST 1300 Pan-European. Já no Brasil, essa BMW praticamente não tem concorrente. A única grã-turismo disponível no País é a Honda Gold Wing GL 1800, cotada a R$ 91 mil. Apesar de trazer muito conforto e segurança, o desempenho da Gold Wing não se assemelha ao da K 1200 GT. Sem falar nas qualidades ciclísticas da BMW, bastante superiores às da Honda.

FICHA TÉCNICA – BMW K 1200 GT PREMIUM

MOTOR quatro cilindros em linha, quatro tempos, 1157 cm³, quatro válvulas por cilindro e refrigeração líquida
POTÊNCIA152 cv a 9.500 rpm
TORQUE 13,2 kgfm a 7.750 rpm
ALIMENTAÇÃOInjeção eletrônica
TRANSMISSÃO FINALCardã
CÂMBIO seis velocidades
PARTIDA A pedal e elétrica
RODAS aro 17
PNEUS 120/70-17 na dianteira e 180/55-17 na traseira
CHASSI Quadro de trave dupla superior em liga com motor fazendo parte da estrutura. Comprimento de 2.318 mm, largura de 965 mm, altura 1.438 mm e altura do banco: 820 mm 740 mm. Peso a seco de 249 kg
TANQUE24 l
SUSPENSÃO Suspensões: Duolever na dianteira e monobraço Paralever na traseira, ambos ajustáveis eletronicamente
FREIOS Freio dianteiro composto por disco duplo flutuante de 310 mm de diâmetro com pinça de quatro pistões opostos. Traseiro por disco simples de 240 mm de diâmetro com pinça de um pistão
CORES Grafite e preta
PREÇO R$ 92,90 mil


Gosta de motos esportivas?

Então veja aqui no WebMotors as ofertas de motos com esse estilo:

Honda CB 600F Hornet

Kasinski Comet 250

Suzuki Bandit N 600

Leia também:

Yamaha MT-03 mistura naked e supermotard em uma moto só

Rodamos com a MV Agusta Brutale 910S

Suzuki B-King 1300: veja como anda a moto do ano de 2008

Ducati Monster 1100, uma big naked italiana

Nova Yamaha YZF-R1 2009 utiliza DNA de MotoGP

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors