Novo Grand Cherokee apresentado com versão híbrida

Linha 2022 do SUV da Jeep é revelada com motores V6, V8 e 2.0 turbo combinado a propulsores elétricos

  1. Home
  2. Últimas notícias
  3. Novo Grand Cherokee apresentado com versão híbrida
Guilherme Silva
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

A Jeep revelou nesta quarta-feira (29), nos Estados Unidos, a variante de cinco lugares da nova geração do Grand Cherokee, um dos modelos mais icônicos dos 80 anos de história da marca. Dentre as novidades, o SUV estreia a inédita versão híbrida 4xe.

Jeepgrandcherokeetrailhawk20226 Large
Novo Jeep Grand Cherokee Trailhawk 2022
toggle button

As vendas nos Estados Unidos começarão ainda este ano. O novo Grand Cherokee chega às concessionárias como modelo 2022. A Jeep ainda não divulgou os preços, mas certamente o modelo será um pouco mais barato que o Grand Cherokee L, de sete lugares, que parte de US$ 38.635 (cerca de R$ 210 mil em conversão direta na cotação atual).

Apesar do entre-eixos centímetros mais curto (2,96 metros ante os 3,09 m do modelo maior), o SUV segue o estilo da variante L, e mescla elementos estéticos do Compass com o do Grand Wagoneer, utilitário esportivo topo de gama da Jeep atualmente.

All New 2022 Jeep® Grand Cherokee Summit Reserve
Interior é sofisticado e possui três telas digitais no painel
toggle button

Por dentro, o Grand Cherokee oferece maior sofisticação, com direito a acabamento em madeira nas versões mais caras, inclusive o sistema de som McIntosh, que será oferecido como opcional.

Motorizações a combustão

Embora o conjunto híbrido seja a grande novidade desta geração, o Grand Cherokee também será comercializado com as tradicionais motorizações Pentastar 3.6 V6 e HEMI 5.7 V8, ambas naturalmente aspiradas e movidas a gasolina.

A primeira entrega 294 cv de potência e 35,5 kgf.m de torque. Já a V8 gera 362 cv e 53,9 kgf.m. Em ambos os casos, a transmissão é automática de oito marchas.

Segundo a Jeep, as configurações de entrada serão equipadas somente com tração traseira. Os modelos mais caros serão dotados de diferentes opções de sistema de tração integral sob demanda (Quadra-Trac I, Quadra-Trac II e Quadra-Drive II), que desconectam o eixo dianteiro para economizar combustível.

Primeiro Grand Cherokee híbrido

All New 2022 Jeep® Grand Cherokee Summit Reserve
Novo Grand Cherokee 4xe é equipado com conjunto híbrido de 375 cv de potência
Crédito: Divulgação
toggle button

Lançado em 1992, o SUV entra na era da eletrificação com a versão 4xe. O conjunto motriz combina o 2.0 turbo a gasolina, conectado à caixa automática de oito velocidades, a dois motores elétricos alimentados por baterias de 17 kWh de capacidade. O resultado são 375 cv e 64 kgf.m de potência e torque combinados, respectivamente – força suficiente para rebocar 2.720 kg (ainda assim abaixo dos 3.265 kg que o motor V8 é capaz de puxar).

A Jeep informa autonomia de 40 quilômetros no modo elétrico e alcance 440 km no modo combinado (combustão e eletricidade), com consumo médio de 24,2 km/l. O sistema de frenagem regenerativa recupera parte da carga das baterias quando o motorista aciona os freios, momento em que são ativados, também, os motores elétricos para desacelerar o veículo.

O conjunto híbrido possui três modos de condução, que adequa o veículo de acordo com as condições de rodagem, inclusive em trechos off-road:

  • Híbrido: combina o torque do motor a gasolina de 2.0 litros e o elétrico. O trem de força otimizará a gasolina e a energia da bateria e fornecerá a melhor combinação de eficiência de combustível e desempenho.
  • Elétrico: funciona com energia elétrica e zero emissões até que a bateria atinja a carga mínima ou o motorista solicite mais torque (por exemplo, ao pressionar totalmente o pedal do acelerador). Ambas as ações acionam o motor a gasolina.
  • eSave: prioriza o motor a gasolina, e assim economiza a carga da bateria para uso posterior. Neste modo, o motorista também pode escolher entre "Economia de bateria" e "Carregamento de bateria" por meio do Hybrid Electric Pages da tela de toque de gerenciamento do Uconnect 5.
  • Independentemente do modo selecionado, o Grand Cherokee 4xe opera como um híbrido quando a bateria se aproxima de seu estado mínimo de carga.

    O SUV híbrido estará disponível somente nas versões Limited, Trailhawk, Overland, Summit e Summit Reserve. As configurações Laredo e Altitude serão vendidas com os motores a combustão.

    Maior capacidade off-road

    SUV conta com suspensão a ar para atingir 28,7 cm de altura em relação ao solo
    toggle button

    Conhecido pela capacidade de rodar em condições no fora-de-estrada, o Grand Cherokee honra essa tradição em sua nova geração. Além dos avançados sistemas de tração 4x4 com diferencial de deslizamento limitado, o SUV é dotado de suspensão a ar Quadr-Lift com amortecimento eletrônico, que eleva a altura de rodagem em relação ao solo em até 28,7 centímetros, o que confere capacidade de travessia de alagamentos de 61 cm.

    Já o sistema de gerenciamento de tração Selec-Terrain permite ao condutor escolher até cinco modos de condução, que altera os parâmetros do veículo de acordo com o terreno (Automático, Rocha, Neve e Lama/Areia).

    Grand Cherokee Trailhawk conta com barra estabilizadora que pode ser desconectada
    toggle button

    Já a versão Trailhawk, desenvolvida especificamente para o uso off-road, adiciona liberação eletrônica da barra estabilizadora, para aumentar a articulação da suspensão dianteira em terrenos acidentados.

    O modelo conta ainda com controle de velocidade em descidas e subidas, que aciona o acelerador e os freios automaticamente para manter uma velocidade constante e segura em trechos mais severos, e elimina a necessidade de o motorista intervir nos pedais do veículo.

    Além disso, o Grand Cherokee Trailhawk recebe proteções de aço no assoalho, rodas de 18 polegadas com pneus todo-terreno, ganchos de reboque na cor vermelha e acessórios exclusivos.

    Comentários