Mercedes lança o GLB no Brasil

Novo utilitário esportivo de sete lugares tem preço de R$ 299.900 na versão Launch Edition

  1. Home
  2. Últimas notícias
  3. Mercedes lança o GLB no Brasil
Fernando Miragaya
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

A Mercedes-Benz já deixa o recado no lançamento do GLB: um em cada três automóveis da marca alemã é SUV. E o mais recente deles a desembarcar no Brasil - para reforçar o portfólio de utilitários esportivos do fabricante por aqui - é o GLB. Em versão inicial Launch Edition, o modelo de sete lugares custa R$ 299.900.

Mercedes-Benz GLB 200 Launch Edition
Mercedes-Benz GLB 200 estreia no mercado brasileiro em versão Launch Edition
Crédito: Divulgação

Como já não pode deixar de ser quando se fala em marca premium, a Mercedes lança o GLB com uma penca de itens tecnológicos de assistência ao motorista. Feito sobre a plataforma do Classe A, o SUV médio chega com controle de cruzeiro adaptativo com frenagem de emergência autônoma, estacionamento automático, assistente e corretor de mudança de faixa e sensor de ponto cego.

Na parte de multimídia, o GLB 200 Launch Edition vem com o sistema MBUX (Mercedes-Benz User Experience) já visto em outros modelos do fabricante, como os GLC e GLE. Repleto de telas integradas no painel, o sistema atende a comandos de voz a partir da saudação "Ei, Mercedes". Através do dispositivo, é possível comandar funções do som, ar-condicionado, apps, entre outros.

Desenho conservador

Mercedes-Benz GLB 200 Launch Edition
O SUV tem um desenho previsível, mas com linhas elegantes típicas da marca alemã
Crédito: Divulgação

O estilo do GLB não é dos mais inspiradores, porém é elegante, como boa parte dos veículos da marca. Na verdade, ele parece uma evolução do... GLK do início dos anos 2010, com estilo quadradinho, mas com contornos arredondados e suavizados.

A frente tem capô baixo e inclinado, com dois faróis full-LED horizontais (e os inevitáveis filetes de LEDs como DRLs) e grade trapezoidal com barras dentadas em alumínio fosco. O para-choques acomoda as luzes de neblina de LEDs nas pontas, encrustadas em acabamento do tipo colmeia, que replica o desenho das tomadas de ar principal e inferior.

De perfil, o Mercedes GLB tem linha de cintura praticamente uniforme. Visto deste ângulo, o SUV até remete a um VW Tiguan das antigas. As lanternas horizontais traseiras deixam suas pontas à mostra e se confundem com uma saliência que percorre toda a lateral.

A robustez esperada em um SUV acaba concentrada na traseira do GLB. As lanternas generosas e a tampa do porta-malas toda talhada passam a impressão de que o SUV é mais largo do que os seus 2,02 m. A imponência é reforçada pelo escapamento duplo embutido na saia inferior.

Na cabine

Por dentro, o novo SUV da Mercedes, obviamente, abusa do requinte. Além das telas integradas e do quadro de instrumentos digital em tela de 10", o painel traz acabamento bicolor e saídas redondas de ar com moldura tubular de aço escovado. As soleiras iluminadas chamam a atenção.

Com 4,63 metros de comprimento (ele é 22 cm maior que o GLA e apenas 2 cm menor que o GLC) e 2,82 metros de entre-eixos, o GLB promete bom espaço interno e tem como um dos diferenciais a terceira fila de bancos. Ao contrário de outras marcas, a Mercedes é sincerona e avisa que os banquinhos extras podem ser usados por pessoas com até 1,68 metro de altura.

Mercedes-Benz GLB 200 Launch Edition
Na cabine, aço escovado, painel em dois tons e as telas integradas do sistema MBUX
Crédito: Divulgação

Lá, há pontos para fixação de cadeirinhas Isofix, dois porta-copos entre os bancos, assim como porta-objetos com interior emborrachado. Os encostos da terceira e segunda fileiras podem ser rebatidos e nivelados com o assoalho do porta-malas. Desta forma, a capacidade para bagagens varia entre 130 (todos os bancos levantados) e 1.680 litros (até o teto).

Motor

O GLB 200 é movido pelo novo motor 1.3 turbo de quatro cilindros, fruto da parceria da Daimler (dona da Mercedes) com a aliança formada por Renault, Nissan e Mitsubishi. São 163 cv de potência e 26 kgf.m de torque disponível a partir de 1.620 rpm. É o mesmo que equipa o A200 e que vai estar futuramente em modelos da parceira francesa.

O propulsor tem sistema de desativação de dois cilindros conforme a demanda. Já a transmissão automatizada de dupla embreagem e sete marchas 7G-DCT usa duas bombas de óleo, uma mecânica e outra elétrica - esta acionada quando o motor é desligado através da função start/stop.

Equipamentos

Como é de se esperar em um carro de quase R$ 300 mil, o GLB é recheado. Na segurança, esta versão Launch Edition, além dos itens de condução semi-autônoma, vem com sete airbags, assistente à partida em rampas, sistema que seca as pastilhas de freios, câmera de ré, retrovisor eletrocrômico e os obrigatórios controles de estabilidade e tração.

Os bancos dianteiros oferecem ajustes elétricos - inclusive lombar. Há carregamento de smartphones sem fio, espelhos retrovisores rebatíveis eletricamente, ar-condicionado automático bizona, chave presencial e teto-solar panorâmico. As rodas de liga leve com aro de 19" são da AMG - divisão esportiva da Mercedes.

A montadora não fala em volume de vendas, mas adianta que outras versões do GLB serão lançadas em 2021. Porém, a marca não detalhou quais configurações estão previstas, mas a importação da 35 AMG é praticamente certa. Esta variante esportiva do SUV de sete lugares usa motor 2.0 turbo com 306 cv, 40,7 kgf.m e faz o 0-100 km/h em 5,2 segundos.

Mercedes GLB 200 aposta no bom espaço interno e no pacote tecnológico
Crédito: Divulgação
Comentários