Mini não descarta um modelo com motor central

Futuro modelo pode concorrer diretamente com o Alpine A110 e ficaria acima da versão John Cooper Works

  1. Home
  2. Últimas notícias
  3. Mini não descarta um modelo com motor central
Fabio Perrotta Junior
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

A Mini ainda cogita a possibilidade de lançar um esportivo com motor central. A ideia do novo modelo seria fazer frente ao Alpine A110 e aumentar o portfólio da marca. O lançamento se posicionaria acima da atual versão John Cooper Works, o ápice de desempenho disponível na Mini.

Assim, depois de expandir suas opções com o novo Mini elétrico, a marca pode entrar em um segmento até então inédito: o de esportivos compactos com motor central.

Pelo menos é o que deu a entender o chefe de comunicação da marca, Andreas Lampka, durante a apresentação da versão elétrica em Miami. "Se dermos espaço e recursos aos nossos engenheiros, eles acabarão com um modelo de motor central", disse.

Na tomada?

Além disso, depois de ser questionado sobre como seria a abordagem da Mini em um supercarro compacto, o executivo afirmou que um modelo de alto desempenho da marca não precisa necessariamente usar um motor de combustão.

Em 2014, a Mini apresentou um conceito no Concurso de Elegância Villa D'Este, chamado Superleggera Concept e ele era elétrico. O modelo (da foto desta nota), todo de alumínio, pode servir como base para o futuro lançamento da marca.

Apesar do indícios, o executivo não afirmou qualquer intenção de produção. Muito menos data para o lançamento oficial.

 

Comentários