Veja como é o novo Grand Cherokee

Quinta geração do SUV da Jeep é lançada globalmente com base de Alfa Romeo. Modelo terá variante de sete lugares

  1. Home
  2. Últimas notícias
  3. Veja como é o novo Grand Cherokee
Fernando Miragaya
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

A Jeep acaba de lançar mundialmente o novo Grand Cherokee. Esta é a quinta geração do utilitário esportivo grande, que chega com promessa de mais robustez, estrutura monobloco mais moderna e uma futura configuração de sete lugares.

Jeep novo Grand Cherokee
Novo Grand Cherokee usa plataforma dos Alfa Romeo Giulia e Stelvio
Crédito: Divulgação

Para início de conversa, o novo Grand Cherokee deixa de lado a arquitetura W166 dos Mercedes-Benz ML e GLE, heranças dos tempos de DaimlerChrysler. Agora, o SUV se vale da plataforma Giorgio, que serve de base para os Alfa Romeo Giulia e Stelvio - marcas fazem parte do Grupo FCA.

A Jeep aumentou a destreza off-road do novo Grand Cherokee. O vão livre do solo passou dos atuais 21,8 cm para 27,7 cm. Agora, a capacidade de submersão do modelo é de 61 cm. A suspensão é independente na dianteira e na traseira, e há opção Quadra-Lift, com amortecedores pneumáticos e com ajuste automático e eletrônico.

Jeep Grand Cherokee quinta geração 2021
Desenho traseiro do novo Grand Cherokee adotou elementos mais retilíneos
Crédito: Divulgação

Serão três os "pacotes" 4x4 oferecidos na linha: Quadra-Trac I, Quadra-Trac II e Quadra-Drive II - este com bloqueio eletrônico do diferencial central. Eles atuam com o sistema de gerenciamento de tração, que oferece cinco modos de terreno: automático, esportivo, pedras, neve e areia/lama.

Os motores turbinados são os mesmos da antiga geração: o Pentastar V6 3.6 295 cv e 35,5 kgf.m e o Hemi V8 5.7 com 361 cv e 54 kgf.m. Ambos trabalham com a transmissão automática de oito velocidades da alemã ZF.

Além das opções turbodiesel, são aguardadas versões mais nervosas, SRT e Trackhawk, com unidades V8 de 6,4 litros e 6,2 l e compressor mecânico. Sem esquecer que o jipão terá, também, pela primeira vez, uma configuração sete lugares.

Design do novo Grand Cherokee

Jeep Grand Cherokee quinta geração 2021
A tradicional grade frontal está mais chapada e os faróis são horizontais
Crédito: Divulgação

Segundo a Jeep, o novo Grand Cherokee está mais aerodinâmico. No desenho, chama a atenção de cara a linha de cintura mais baixa e a área envidraçada maior. Na frente, a grade com as tradicionais  sete entradas verticais, que tinha inclinação para trás, está mais reta e o capô, mais "pontudo". Os faróis integrados agora são predominantemente horizontais, com uma linha de luzes de LEDs.

Na parte de trás, predomina também o estilo mais retilíneo. As lanternas são bem mais finas e partem do meio do porta-malas para ganhar as laterais. A terceira coluna tem caimento "raiz" de SUV quadradão, enquanto a tampa traseira é bastante talhada de vincos e recebe um spoiler integrado superior. As ponteiras de escapamento embutidas no para-choque concluem o desenho.

Por dentro

Jeep Grand Cherokee quinta geração 2021
O desenho da cabine do novo Grand Cherokee foi inspirado no novo Grand Wagoneer
Crédito: Divulgação

A mudança na cabine foi radical e inspirada no conceito do novo Grand Wagoneer. Esqueça aquele SUV imponente por fora, mas sem grandes ousadias ou requintes por dentro. O interior tem acabamento bicolor, painel em dois níveis e com profundidade e quadro de instrumentos em forma de tela eletrônica configurável de 10,2".

A central multimídia chega em display inclinado de 10,1" e se integra ao console central, mas chamam a atenção os comandos do ar-condicionado mais abaixo, com botões giratórios e displays convencionais, que destoam do restante do conjunto - de longe, lembra até um Motoradio dos anos 1980. A luz ambiente por LEDs pode ser configurada e o banco tem massageadores.

Obviamente, o novo Grand Cherokee vem carregado de itens de condução semi-autônoma. Destaque para o controle de cruzeiro adaptativo com frenagem de emergência, o monitoramento ativo de mudança de faixa e o sistema de leitura de placas de velocidade e também de semáforos.

Há, ainda, câmera 360 graus, sistema de visão noturna no quadro de instrumentos e alerta de fadiga do motorista.

E para o Brasil?

Quinta geração do SUV da Jeep deve chegar ao Brasil já no ano que vem
Crédito: Divulgação

Por aqui, o SUV, ainda de quarta geração, é vendido em configuração única com motor V6 turbodiesel de 241 cv e 56 kgf.m, tração 4x4 e caixa automática de oito marchas. O novo Grand Cherokee deve chegar ao mercado brasileiro no primeiro semestre de 2022 por preços acima dos R$ 400 mil.

Linha de cintura baixa e vidros maiores marcam o design do novo Grand Cherokee
Crédito: Divulgação
Comentários