Carro grande cresce e pequeno cai

Modelos maiores aumentam volume de vendas, ao contrário dos menores
  1. Home
  2. Pit-Stop
  3. Carro grande cresce e pequeno cai
Auto Informe
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Uma rápida análise do mercado de novos neste ano mostra um grande crescimento nas vendas de carros mais caros e queda dos mais baratos. Os números até novembro mostram um aumento de vendas de 18% este ano, mas todos os segmentos de carros grandes e de luxo cresceram muito mais do que isso. O segmento dos sedãs grandes foi o que mais cresceu, uma alta de 73,9%, seguido pelo hatch médio, com 55,3% e os comerciais, que aumentaram as vendas em 43,6 de janeiro a novembro.
Também cresceram acima da média os segmentos das picapes médias 36,7% e dos sedãs médios, com 25,5%.
Já os carros de 1000cc, os modelos de entrada e as peruas pequenas não acompanharam o crescimento do mercado. O segmento dos hatchs onde se incluem os modelos mais baratos do mercado, cresceu apenas 11,9%, 6,1 ponto perceptual a menos que a média. Os sedãs pequenos evoluíram 11,4% e as peruas pequenas apenas 6,1%.
Entre os grandes, que cresceram cima da média, a exceção foi a picape pequena, com aumento de 36,7% nas vendas e entre os pequenos que não acompanharam o mercado, a exceção foi o segmento das minivans, que subiram apenas 10,7% no ano.
________________________________
Joel Leite joelleite@autoinforme.com.br é diretor da agência de notícias especializada no setor automotivo AutoInforme. Produz e apresenta o quadro sobre automóveis no programa Shop Tour e fornece informações para vários veículos de comunicação. É especialista no mercado de automóveis desde 1984, quando começou no Jornal do Carro do Jornal da Tarde. Joel é formado em jornalismo pela Faculdade Cásper Líbero e pós-graduado em Comunicação e Semiótica.


Leia outras colunas de Joel Leite aqui

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors