Demon despeja 1 tonelada de força no eixo traseiro

Dodge revelou detalhes sobre seu muscle car. Motor V8 de 852 cv é 62% novo na comparação com o usado no Hellcat

  1. Home
  2. Pit-Stop
  3. Demon despeja 1 tonelada de força no eixo traseiro
Redação WM1
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

A Dodge revelou alguns detalhes técnicos do Challenger SRT Demon, que a marca apresentou em abril como o muscle car produzido em série mais potente e mais rápido no quarto de milha, com seu motor V8 6.2 supercharged de 852 cv de potência e 106,4 kgf.m de torque.

Primeiramente, a fabricante informa que 62% do motor usado pelo cupê são novos na comparação com o propulsor utilizado no Challenger SRT Hellcat, que rende 717 cv e 88,1 kgf.m: bloco, pistões, virabrequim e compressor mecânico são diferentes dos usados na versão mais mansa.

icon photo
Legenda: Dodge Challenger SRT Demon
Crédito: Dodge Challenger SRT Demon

Mais potente, o Demon requer, de acordo com a Dodge, o dobro da pressão do óleo no motor, enquanto a pressão do combustível foi elevada em 27%.

A fabricante também destacou algumas informações curiosas a respeito do esportivo, que tem produção limitada a 3,3 mil unidades (3.000 para os Estados Unidos e 300 para o Canadá) e preço inicial sugerido de US$ 84.995 (cerca de R$ 277 mil na conversão direta). Uma delas: ao acelerar por 244 m dos 400 m do quarto de milha, o Challenger SRT Demon seria capaz de consumir todo o ar da cabine, tamanha a voracidade do sistema de admissão do seu V8.

icon photo
Legenda: Dodge Challenger SRT Demon
Crédito: Dodge Challenger SRT Demon

Além disso, na potência máxima, obtida usando gasolina de competição e altíssima octanagem, o combustível flui a uma velocidade de 5,14 litros por minuto ou o fluxo de um chuveiro. Para completar, mais de uma tonelada de força é despejada nas rodas traseiras na hora da arrancada - mais do que um Bugatti Veyron.

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors