Nissan pode acabar com a Datsun - de novo

Projeto de reestruturação da empresa prevê revisão de portfólio e pode pôr fim à marca que foi ressuscitada em 2013

  1. Home
  2. Pit-Stop
  3. Nissan pode acabar com a Datsun - de novo
Renan Rodrigues
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

A Nissan já falou abertamente a respeito de uma reestruturação global da marca. Tal plano acarretaria em demissões, além de enxugar o portfólio de versões e reduzir a produção em algumas fábricas. Agora, segundo os colegas do site Autologia, a marca também pretende fechar a Datsun.

A Datsun é uma marca de baixo custo da Nissan que opera em mercados de países em desenvolvimento. Atua na Índia e Tailândia, além, claro, de China e Japão. A divisão tinha sido encerrada em 1983 e foi relançada pela empresa em 2013.

O plano de reestruturação da Nissan é uma tentativa de sair da crise, após as acusações ao ex-presidente da montadora, o brasileiro Carlos Ghosn. A Nissan registrou, em 2018, o menor lucro operacional em 11 anos.

A ordem é otimizar

Além do fechamento da Datsun, a marca se livrará de muitas versões da picape Titan, que passará a ser vendida somente com cabine dupla e motores a gasolina. Mercados emergentes verão uma redução na produção, mas não há expectativa de encerrar fábricas ou deixar qualquer mercado.

Por outro lado, nos Estados Unidos, um dos maiores mercados da Nissan, o plano é reverter o costume de vender carros para empresas de aluguel ou outras operações de frota. Essa prática destruiu os lucros da marca e ainda deteriorou a imagem no país. No geral, a ideia é liberar recursos e focar na China e também na América do Norte.

Em outros mercados tidos como grandes - como, por exemplo, o Brasil -, a marca iniciará a entrega de uma gama de modelos redesenhadas. Para cá, está previsto o novo Versa, em 2020. Por falar no nosso mercado, a Nissan diz que não há previsão de mudanças nos planos por aqui.

Leia mais

 

 

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors