Novo Porsche Cayenne fica mais leve e esportivo

Segunda geração do SUV é apresentada com nova plataforma, motores mais potentes e visual aprimorado para manter sucesso

  1. Home
  2. Pit-Stop
  3. Novo Porsche Cayenne fica mais leve e esportivo
Redação WM1
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Considerado o salvador da Porsche, por conta do sucesso de vendas desde seu lançamento em 2002, que transformou  a marca alemã em uma das montadoras mais lucrativas do mundo, o SUV Cayenne teve a terceira geração revelada em evento na cidade alemã de Suttgart, onde fica a sede da companhia. Nesses 15 anos de produção, foram comercializadas mais de 760 mil unidades ao redor do planeta.

Fotos detalhadas do utilitário esportivo já haviam vazado dias antes da estreia, mas as informações técnicas, inclundo motores, transmissões e dimensões, ainda eram mantidas em segredo pela Porsche.

icon photo
Legenda: Porsche Cayenne 2018
Crédito: Porsche Cayenne 2018

Construído sobre a nova matriz modular MLB, que também serve de base para outros SUVs do Grupo Volkswagen, como o Audi Q7, o Cayenne ficou ligeiramente maior e, mais importante, mais leve. A distância entre-eixos foi mantida em 2,89 m, porém o comprimento cresceu 7,62 cm, totalizando 4,92 m. Com isso, o espaço interno para os ocupantes também ficou mais generoso: a fabricante afirma que a capacidade do porta-malas, por exemplo, cresceu 15%, totalizando bons 770 litros com o banco traseiro levantado. A geração atual leva 670 litros nesse compartimento.

icon photo
Legenda: Porsche Cayenne 2018
Crédito: Porsche Cayenne 2018

Quanto ao emagrecimento, o modelo da Porsche ficou até 65 kg mais leve que seu antecessor, graças ao uso de aços de alta resistência e outros materiais em sua estrutura. Todos os painéis externos são de alumínio, incluindo o piso, equanto o uso de bateria de íons de lítio sozinha responde pelo corte de 10 kg.

MOTORES

No lançamento, o Cayenne chega nas versões básica e S - a primeira traz sob o capô o motor 3.0 V6 turbo de 345 cv de potência e 45,90 kgf.m de torque, 40 cv mais forte que o anterior. Com esses números, o modelo de entrada acelera de zero a 100 km/h em 5,9 segundos (1,7 segundo mais rápido), com velocidade máxima de 244 km/h.

icon photo
Legenda: Porsche Cayenne 2018
Crédito: Porsche Cayenne 2018

Já a configuração S é equipada com propulsor de cilindrada menor, de 2,9 litros, também V6, porém sobrealimentado por dois turbos para entregar 446 cv e 56,13 kgf.m - 20 cv a mais. O Cayenne S, de acordo com a montadora, sai da imobilidade e atinge os 100 km/h em 4,9 segundos (meio segundo mais rápido), com máxima de 265 km/h. Ambas opções contam com tração integral e transmissão automática de oito marchas. A linha vai contar com rodas de alumínmio de 19 a 21 polegadas e esterçamento das rodas traseiras como item opcional.

icon photo
Legenda: Porsche Cayenne 2018
Crédito: Porsche Cayenne 2018

A configuração de entrada pode trazer opcionalmente suspensão pneumática adaptativa, que é oferecida de série no Cayenne S. Nos próximos meses vão chegar novas versões, incluindo híbrida, Turbo e GTS, dentre outras.

CONDUÇÃO SEMIAUTÔNOMA

As novidades tecnológicas incluem freios de aço revestidos de tungstênio-carboneto nos modelos com rodas de 20 e 21 polegadas, que, de acordo com a Porsche, reduzem a distância de frenagem com menor desgaste - os freios de carbono-cerâmica seguem como a opção mais cara e sofisticada nesse quesito.

O SUV também vai oferecer como opcionais recursos de assistência e condução semiautônoma presentes no Panamera, incluindo um sistema bacana que move automaticamente o volante para prevenir aquela famosa "ralada" das belas e caras rodas de liga leve na guia, na hora de estacionar.

icon photo
Legenda: Porsche Cayenne 2018
Crédito: Porsche Cayenne 2018

Visualmente, o Cayenne não traz uma mudança radical na comparação com a segunda geração, especialmente na parte externa. A dianteira traz entrada de ar mais horizontalizada e retilínea na parte inferior do para-choque, enquanto a traseira foi a parte que mais mudou, contando com lanternas mais estreitas e unidas por um file de LEDs que atravessa a tampa do porta-malas - lembra os novos Panamera e 911.

icon photo
Legenda: Porsche Cayenne 2018
Crédito: Porsche Cayenne 2018

Por dentro, o utilitário esportivo recebeu um visual mais limpo, especialmente no console central, que abandonou a profusão de botões físicos para dispor dos comandos em telas sensíveis ao toque ao redor da alavanca de câmbio. Muitas funções também passam a ser operadas por meio da central multimídia de 12,3 polegadas sensível ao toque. O painel de instrumentos, por sua vez, mantém o conta-giros analógico centralizado e ladeado por duas telas coloridas de alta resolução e sete polegadas.

icon photo
Legenda: Porsche Cayenne 2018
Crédito: Porsche Cayenne 2018

O novo Cayenne começa a ser vendido na Europa nos próximos meses e terá lançamento nos Estados Unidos em meados de 2018, com preços sugeridos a partir de US$ 65,7 mil (cerca de R$ 208 mil na conversão direta) para o modelo básico e de US$ 82,9 mil (R$ 262,5 mil) para a versão S - ambas ficaram US$ 5 mil (R$ 15,8 mil) mais caras. A novidade deve desembarcar no Brasil ao longo do próximo ano.

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors