Só dez, das 35 marcas que atuam aqui, cresceram no ano

Renault ampliou a participação de 5,23% para 6,73% até setembro
  1. Home
  2. Pit-Stop
  3. Só dez, das 35 marcas que atuam aqui, cresceram no ano
Auto Informe
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

IMAGE

Os incentivos do governo dado este ano ao setor automobilístico incrementaram as vendas, invertendo a tendência de baixa que era registrada antes da redução do IPI.


Agosto, com 405 mil carros e comerciais leves vendidos, bateu novo recorde histórico e, somadas ao também excelente resultado de setembro, as vendas marcaram um aumento de 5,3% no acumulado do ano.


Mas uma leitura sobre o comportamento das vendas por marca, até setembro, mostra que foram poucas as montadoras que se souberam aproveitar a oportunidade e aumentar a participação.


Francesa ampliou a participação de 5,23% para 6,73% até setembro

Só dez, das 35 marcas que atuam no Brasil, cresceram no ano

Apunhaladas pelo Super IPI, Hyundai e Kia são as que mais perderam


Apenas dez das 35 marcas que atuam no mercado brasileiro cresceram nesses nove meses. A rigor, somente cinco tiveram aumentos significativos, sendo que o maior crescimento ficou com a Renault, que conquistou 1,52 ponto percentual no mercado total (menos caminhões e ônibus).


A marca francesa vendeu este ano 47.950 unidades a mais do que nos nove primeiro meses de 2011. Foram 180.230 carros, contra 132.280. Logo a seguir está a parceira Nissan, que quase dobrou as vendas em números absolutos. A japonesa vendeu este ano 84.633 unidades, contra 42.778 nos nove primeiros meses do ano passado.


Honda, Fiat e Volkswagen também tiveram aumento importante de participação este ano: a Honda conquistou 0,77 ponto, a Fiat 0,71 e a Volkswagen 0,60.


Cinco marcas com pequena participação no mercado tiveram crescimento: Mitsubishi (vendeu 44.246 unidades até setembro), Toyota (74.186), Dodge (2.490), Jeep (2.408) e Jinbei (828).


Todas as demais 25 marcas não crescerem este ano. Quatro delas - Land Rover, Suzuki, Chana e Chrysler – mantiveram a participação e as demais perderam.


A Ford perdeu 0,38 ponto percentual e a GM 0,63. Mas as marcas que mais perderam foram as de importadoras, que sofreram com o pagamento do IPI adicional de 30%, aplicado pelo governo para proteger as montadoras que têm fábrica no Brasil e também as importadoras que trazem carros do Mercosul e do México.


As coreanas Hyundai e a Kia, que vinham crescendo e ameaçando as marcas antigas, foram golpeadas pela política do governo: foram as duas que mais perderam este ano.


A Hyundai, que tinha 3,29% das vendas nos nove primeiro meses do ano passado, está com apenas 2,51%: vendeu 16 mil carros a menos. A Kia caiu de 2,49% para 1,23%, deixou de vender 30 mil unidades e foi a que mais perdeu.


Resultado

 

 

 

 

 

 

 

 

Ord.

Descrição

01/01/2011 até 30/09/2011

 

01/01/2012 até 30/09/2012

 

Variação

 

% Dif.Part.

 

 

Qtd.

% Part.

Qtd.

% Part.

Volume

%

 

RENAULT

132280

5,23

180230

6,76

47950

36,24

1,52

NISSAN

42.778

1,69

84.633

3,17

41.855

97,84

1,48

HONDA

74113

2,93

98754

3,7

24641

33,24

0,77

FIAT

561557

22,22

611657

22,93

50100

8,92

0,71

VW

520471

20,59

565364

21,2

44893

8,62

0,6

MITSUBISHI

39342

1,56

 

1,66

4904

12,46

0,1

TOYOTA

68108

2,69

74.186

2,78

6078

8,92

0,09

DODGE

1523

0,06

2.490

0,09

967

63,49

0,03

JEEP

1409

0,06

2.408

0,09

999

70,9

0,03

10º

JINBEI

580

0,02

828

0,03

248

42,75

0,01

11º

LAND ROVER

5788

0,23

6178

0,23

390

6,73

0

12º

SUZUKI

5028

0,2

5255

0,2

227

4,51

0

13º

CHANA

1407

0,06

1607

0,06

200

14,21

0

14º

CHRYSLER

513

0,02

578

0,02

65

12,67

0

15º

IVECO

3773

0,15

3758

0,14

-15

-0,39

-0,01

16º

TROLER

962

0,04

628

0,02

-334

-34,71

-0,01

17º

SMART

800

0,03

523

0,02

-277

-34,62

-0,01

18º

AUDI

3694

0,15

3454

0,13

-240

-6,49

-0,02

19º

PORSCHE

1037

0,04

447

0,02

-590

-56,89

-0,02

20º

MINI

2121

0,08

1424

0,05

-697

-32,86

-0,03

21º

SUBARU

1836

0,07

995

0,04

-841

-45,8

-0,04

22º

LIFAN

2256

0,09

1115

0,04

-1141

-50,57

-0,05

23º

VOLVO

3648

0,14

2266

0,08

-1382

-37,88

-0,06

24º

SSANGYONG

3795

0,15

1795

0,07

-2000

-52,7

-0,08

25º

BMW

8767

0,35

6188

0,23

-2579

-29,41

-0,11

26º

JAC

17397

0,69

14819

0,56

-2578

-14,81

-0,13

27º

Mercedes-benz

11072

0,44

7689

0,29

-3383

-30,55

-0,15

28º

CHERY

15775

0,62

12379

0,46

-3396

-21,52

-0,16

29º

HAFEI

12981

0,51

7695

0,29

-5286

-40,72

-0,23

30º

FORD

235826

9,33

238831

8,95

3005

1,27

-0,38

31º

PEUGEOT

64395

2,55

55216

2,07

-9179

-14,25

-0,48

32º

GM

464489

18,38

473395

17,75

8906

1,91

-0,63

33º

CITROEN

69043

2,73

54907

2,06

-14136

-20,47

-0,67

34º

HYUNDAI

83036

3,29

66920

2,51

-16116

-19,4

-0,78

35º

KIA

62812

2,49

32726

1,23

-30086

-47,89

-1,26

Total Geral

 

2527205

100

2667330

100

140125

5,54

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 



_______________________________


O melhor classificado de carros e motos do Brasil tem também a avaliação mais completa. Com a Tabela Fipe / WebMotors você sabe o menor, maior e preço médio do veículo no Brasil e em sua região. Avalie agora mesmo para fazer uma boa compra ou venda do seu carro ou moto.

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors