Veja os últimos casos de recall de carros

Elaboramos uma relação com modelos que foram convocados recentemente. Veja se o seu automóvel está na lista

  1. Home
  2. Pit-Stop
  3. Veja os últimos casos de recall de carros
Fernando Miragaya
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Levantamento do Denatran aponta um dado preocupante. Só 43% dos cerca de 10 milhões de recalls de carros registrados no Departamento Nacional de Trânsito foram atendidos. São mais de 5 milhões de veículos que estão nas ruas com algum defeito que põe em risco a vida do motorista, dos ocupantes e de terceiros.

Recentemente, a Honda confirmou a primeira morte no Brasil pelo defeito nos airbags da Takata. Segundo a marca japonesa, o proprietário - e vítima fatal - do Civic 2008 não tinha atendido ao chamado.

Para saber se o seu carro está envolvido em algum recall, elaboramos uma lista com as mais recentes convocações das montadoras no Brasil.

Últimos casos de recall de carros

  • Jeep Renegade - São mais de 1.800 unidades do SUV anos/modelo 2019/2020 e 2020/2020 para verificação da pinça do freio.
  • Fiat Toro - A marca italiana chama 111 unidades da picape com motor a diesel anos/modelo 2018/2019, 2019/2019 e 2019/2020 para substituição dos coxins de absorção de vibrações do motor do veículo.
  • Honda - O recall envolve quase 35 mil unidades de Civic, Accord, CR-V e Odyssey para desativação temporária e preventiva do insuflador do airbag do motorista.
  • BMW Série 3 (nova geração) - A marca bávara fez um chamado raro das versões 330i M Sport e 330i Sport feitas entre janeiro e agosto de 2019 para troca - isso mesmo, troca - do motor.
  • Subaru - Outro chamado motivado pelos airbags defeituosos da Takata. Ao todo, são 2.658 unidades da marca japonesa.
  • BMW M5 - Convocação é por problema no chicote elétrico da transmissão automática da versão esportiva do Série 5.
  • Toyota Camry - Uma unidade apenas ano 2019 está sendo convocada para conserto do cinto de segurança.
  • BMW X6 - Recall de mais de 1.500 unidades do SUV produzidas entre 2014 e 2019 para reparo do ponto de fixação de assentos infantis do tipo Isofix.
  • Nissan - Mais de 5 mil veículos dos modelos Frontier, Pathfinder e Sentra fabricados entre 2001 e 2008 são convocados por problema nos airbags.
  • Fiat 500 - O subcompacto tem 2.178 unidades em recall. Modelos automáticos fabricados entre 2012 e 2013 podem apresentar falha no cabo seletor de marchas da transmissão.
  • Chevrolet - Mais um recall motivado pelos airbags fatais da Takata.  Quase 170 mil unidades de Sonic, Cruze e Tracker precisam fazer o reparo.
  • Jeep Grand Cherokee e Dodge Durango - Ao todo, são mais de 5 mil unidades dos SUVs que precisam trocar o relé da bomba de combustível.
  • BMW Série 3 - Esse chamado envolve modelos mais antigos do sedã, produzidos entre 1998 e 2000. O problema? Sistema de acionamento do airbag do motorista.
  • Estes e todos os outros chamados também podem ser consultados no site do Ministério da Justiça.

     

    Comentários