Cristiano da Matta já não corre risco de morte, diz médico

  1. Home
  2. Salões
  3. Cristiano da Matta já não corre risco de morte, diz médico
Rodolpho Siqueira
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- O estado de saúde do ex-piloto de F-1 Cristiano da Matta tem apresentado uma melhora progressiva e constante. Essa é a avaliação da junta médica que cuida do piloto mineiro de 32 anos que sofreu um sério acidente na semana passada, quando treinava de Fórmula Cart aqui conhecida como Fórmula Mundial no circuito de Elkhart Lake, Estados Unidos.

Em alta velocidade, Da Matta atropelou um cervo, cujo corpo foi projetado para dentro do cockpit, ferindo o piloto. Na seqüência, inconsciente, Cristiano continuou acelerando até bater no muro de proteção. O campeão da Fórmula Cart de 2002 foi atendido com urgência para uma cirurgia que retirou um coágulo de seu cérebro na quinta-feira passada – e desde então continua em coma induzido na UTI do Centro Médico Theda Clark. O diretor-médico da categoria, Chris Pinderski, declarou que já não há risco de vida.

No próximo fim de semana, a categoria realizará uma etapa no estado do Colorado e sua equipe, a RuSport, anunciou que o piloto brasileiro não será substituído. Apenas seu companheiro de equipe, o inglês Justin Wilson, deverá competir. Nos bastidores da categoria houve inclusive a especulação de que o canadense Jacques Villeneuve – dispensado recentemente pela equipe BMW de F-1 – deveria substituir Da Matta. Mas a RuSport já desmentiu a notícia.

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors