F1: Schumacher conquista 4ª vitória consecutiva

Alemão domina GP de San Marino e dispara no campeonato; Barrichello é 6º
  1. Home
  2. Salões
  3. F1: Schumacher conquista 4ª vitória consecutiva
Redação WM1
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- O piloto alemão Michael Schumacher, da Ferrari, venceu o GP de San Marino, realizado este domingo em Ímola, Itália. Foi a quarta vitória consecutiva de Schumacher no campeonato – o alemão venceu todas as corridas disputadas este ano.

Esta foi a 74ª vitória da carreira de Schumacher, que precisa de mais um primeiro lugar para igualar a marca do inglês Nigel Mansell, que venceu as 05 primeiras corridas em 1992.

O inglês Jenson Button, da BAR, que havia largado na pole, foi o segundo colocado. É o terceiro pódio consecutivo de Button, que tem exibido ótimo desempenho com o bólido BAR – há quem atribua essa melhoria na performance às saídas do canadense Jacques Villeneuve e do chefe de equipe Paul Stoddart do time e ao retorno de investimentos da Honda, fornecedora de motores. O terceiro foi o colombiano Juan Pablo Montoya, da Williams.

Rubens Barrichello, companheiro de Schumacher na Ferrari, largou em quarto, mas terminou em sexto – posição suficiente para mantê-lo na vice-liderança do campeonato, com 24 pontos, apenas um a mais do que Button.

Cristiano da Matta, da Toyota, abandonou a corrida na 32ª volta e Felipe Massa, da Sauber, terminou a prova na décima posição.

A McLaren novamente decepcionou, com o 8º lugar do finlandês Kimi Räikkönen, que conquistou seu 1º ponto no ano, e o 12º posto do escocês David Coulthard, que rodou ainda na primeira volta, mas conseguiu se recuperar. Há rumores de que a McLaren já esteja desenvolvendo novo carro e que o introduza ainda este ano, abandonando o projeto atual, que teria “nascido errado”.

Homenagens a Ayrton Senna
O brasileiro Ayrton Senna da Siva morreu dia 1º de maio de 1994, quando disputava o GP de San Marino pela Williams. Para lembrar os dez anos de sua morte foram feitas diversas homenagens durante o final de semana – entre elas, o ex-piloto austríaco Gerhard Berger, companheiro de Senna na McLaren durante três temporadas 1990 a 1992, completou três voltas com uma Lotus que foi usada pelo brasileiro em sua primeira temporada na Fórmula 1, 1984.

A Jordan e a Minardi também homenagearam Senna, colocando imagens do piloto e bandeiras brasileiras em seus carros.

Grande Prêmio de San Marino
1 - Michael Schumacher
2 - Jenson Button
3 - Juan Pablo Montoya
4 - Fernando Alonso
5 - Jarno Trulli
6 - Rubens Barrichello
7 - Ralf Schumacher
8 - Kimi Raikkonen
9 - Giancarlo Fisichella
10 - Felipe Massa

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors