Fiat 500X chama atenção, mas não virá ao Brasil

Projetado sobre mesma plataforma do Renegade, crossover será exclusivo da Europa
  1. Home
  2. Paris
  3. Fiat 500X chama atenção, mas não virá ao Brasil
Ricardo Sant'Anna
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

IMAGE

(Ricardo Sant'Anna, de Paris) Uma das estrelas mais aguardadas do Salão de Paris não terá o Brasil como destino. Apresentado no início da tarde desta quinta-feira (2) na capital francesa, o 500X era um dos modelos mais aguardados. O crossover da Fiat nasceu da mesma plataforma do Jeep Renegade e é o terceiro membro da linha 500, composta pelo compacto já conhecido, o monovolume 500L e agora o 500X. O modelo, porém, será exclusivo para o mercado Europeu, onde brigará com uma série de crossovers compactos, como Peugeot 2008, Renault Captur e os Citröen C4 Cross e C4 Cactus. No Brasil, o grupo Fiat Chrysler optou pelo Jeep Renegade, que começa a ser produzido em Goiana (PE) no primeiro trimestre de 2015.


Uma das principais características do 500X será sua variedade de configurações. Inicialmente serão três: 1.4 MultiAir II Turbo (gasolina) de 140 cv, transmissão manual de seis marchas e tração dianteira; 1.6 MultiJet II (diesel) de 120 cv, transmissão manual de seis marchas e tração dianteira; e 2.0 MultiJet II (diesel) de 140 cv, transmissão automática de nove marchas (idêntica à do Renegade) e tração integral nas quatro rodas.

Posteriormente serão ofertados mais três motores a gasolina: 1.6 E-toQ de 110 cv, câmbio manual de cinco velocidades e tração dianteira; 1.4 MultiAir II Turbo de 170 cv, câmbio automático de nove velocidades e tração integral; e 2.4 Tigershark de 184 cv, câmbio automático de nove velocidades e tração integral. Também chegará outro bloco a diesel, um 1.3 MultiJet de 95 cv.

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors