Jeep Commander é flagrado com menos disfarces

Protótipo do SUV de sete lugares foi visto nas proximidades da fábrica da Jeep em Pernambuco

  1. Home
  2. Segredos
  3. Jeep Commander é flagrado com menos disfarces
Guilherme Silva
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Após mostrar imagens internas e lançar um site exclusivo do Commander, a Jeep começa a tirar os disfarces e a revelar detalhes do SUV de sete lugares. Um protótipo do modelo foi flagrado nas proximidades da fábrica da marca em Goiana (PE) ainda bastante camuflado, porém, exibia os contornos das lanternas de LED. As fotos foram divulgadas no Instagram

target="_blank" rel="noopener noreferrer">BF///MS.

O Commander seguirá o mesmo estilo dos “primos” norte-americanos Grand Cherokee e Wagoneer, que também utilizam lanternas estreitas interligadas por algum elemento horizontal no meio da tampa do porta-malas.

Protótipo Do Jeep Commander Rodando Nas Proximidades Da Fábrica Em Goiana (pe)
Protótipo do Jeep Commander nas proximidades Da Fábrica Em Goiana (PE)
Crédito: BF///MS

No carro flagrado, as lanternas são divididas em pequenos blocos luminosos, o que revela muita semelhança com o Grand Commander chinês, SUV com muitos detalhes em comum com o modelo brasileiro.

Principal lançamento da Jeep em 2021, o Commander será apresentado no final do segundo semestre. Assim como os modelos Renegade e Compass (além da picape Fiat Toro), o novo SUV será fabricado em Goiana (PE).

Jeep Grand Commander chinês tem semelhanças com o modelo brasileiro
Jeep Grand Commander chinês tem semelhanças com o modelo brasileiro
Crédito: Divulgação

O Commander é baseado na mesma plataforma dos outros SUVs da Jeep, porém, “esticado” para acomodar mais dois passageiros na terceira fileira de bancos, que ficará no porta-malas. Estima-se que o modelo medirá cerca de 4,70 metros de comprimento, aproximadamente 30 centímetros a mais que o Compass.

O Commander terá uma proposta mais sofisticada que a do Compass. Ao menos a versão mais cara terá revestimentos de camurça e couro com texturas nos bancos e na faixa horizontal do painel.

O material de divulgação ainda mostra que o SUV terá teto solar panorâmico, além do painel digital e da central multimídia com tela flutuante que estrearam na linha 2022 do Compass.

Cabine do Jeep Commander terá acabamento sofisticado
Cabine do Jeep Commander terá acabamento sofisticado
Crédito: Reprodução

Desenvolvido no Brasil, o Commander também será exportado para outros países. Segundo a Jeep, o SUV será o carro mais moderno produzido no país.

Jeep Commander terá só motores turbo

Outra novidade já confirmada pela Stellantis é a de que o Commander terá somente motor turbo. Ou seja,  deverá usar o recém-lançado 1.3 turboflex (que na nomenclatura da Jeep se chama T270) nas versões de entrada e possivelmente o 2.0 turbodiesel Multijet nas configurações mais caras, equipadas com tração 4x4.

O motor a diesel (o mesmo usado nos modelos Compass, Renegade e Fiat Toro), aliás, deverá sofrer melhorias para entregar 200 cv de potência e cerca de 40 kgf.m de torque ante os 170 cv e 35,7 kgf.m atuais.

O segredo ainda fica por conta das caixas de câmbio. É praticamente improvável que o Commander ofereça transmissão manual, mas também não sabemos ainda se as versões de entrada com motor turbo flex serão equipadas com a caixa automática de seis marchas ou se já virão com a mais moderna, de nove relações, que equipará certamente as configurações a diesel.

Comentários