O que já sabemos sobre a nova Chevrolet Montana

Picape que a GM prepara - e que será feita em São Caetano (SP) - quer os clientes da Toro e poderá até trocar de nome

  1. Home
  2. Segredos
  3. O que já sabemos sobre a nova Chevrolet Montana
André Deliberato
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Esta semana a General Motors anunciou que seu investimento bilionário será, entre outros fins, para a produção de uma nova picape em São Caetano do Sul (SP), no lugar da atual Chevrolet Montana, na mesma planta onde atualmente também são fabricados os modelos Tracker, Spin, Joy e Joy Plus (a geração antiga do Onix, já que a nova é feita em Gravataí-RS).

Só que, embora a empresa não tenha revelado detalhes, conseguimos informações sobre a nova picape com fontes ligadas à fabricante. A principal delas é a de que esta nova picape utilizará a plataforma do Tracker, que é a mesma dos novos Onix e Onix Plus, conhecida pela sigla GEM - na verdade uma confirmação, já que havíamos publicado isso antes.

Outro detalhe é que o modelo poderá não se chamar Montana, embora isso ainda não esteja definido oficialmente. Também apuramos informações sobre o motor e o possível tipo de tração da nova picape.

Nova Chevrolet Montana será rival da Toro

Isso já é fato: a novíssima picape da GM chegará com porte e proposta maior para encarar a grande personagem deste segmento de picapes intermediárias, a Fiat Toro - que mudou de linha e ganhou novidades recentemente. Aqui, vale lembrar que além do carro da Stellantis, outras três promessas da categoria também devem surgir em breve: Hyundai Santa Cruz, Ford Maverick e VW Tarok.

O "modelo inédito" que foi alarmado pela empresa norte-americana nesta semana faz parte do ciclo de investimentos de R$ 10 bilhões anunciado pela marca para o Brasil no começo deste ano. Segundo a GM, a picape está ainda em fase de desenvolvimento e servirá para "ampliar a presença da marca Chevrolet no próspero segmento de picapes".

Nova Montana Sobre A Plataforma Do Onix
Projeção do portal Autología mostra como poderá ser a nova Montana, que será feita sobre a base de Onix e Tracker
Crédito: Kléber Silva/Autología

Data de estreia? Possivelmente, no segundo semestre de 2022, de acordo com as nossas fontes. Vale destacar, também, que a futura Montana deverá utilizar o motor 1.2 turboflex que vemos no Tracker e pode, até, oferecer um sistema de tração 4x4, embora isso ainda não esteja definido também. Mas sua estreia já é certa, já que o modelo será exportado para outros mercados latino-americanos.

Nossas fontes também nos cravaram que a Montana atual sairia de linha - o que a GM ainda não confirma oficialmente, mas que de fato já aconteceu, pois a fábrica de SCS já começou a receber os preparativos para a produção do novo modelo, que acontecerá justamente no espaço que era destinado à picape pequena que conhecemos há uma década.

O fim da participação da GM no segmento de picapes pequenas, amplamente dominado pela Fiat Strada (que tem 80% de participação), também pode ser justificado pelo desempenho acanhado da atual Montana no mercado - foram só 1.223 unidades de janeiro a abril deste ano, contra incríveis 41.448 do modelo da FCA e 10.181 da Volkswagen Saveiro, a segunda colocada na categoria.

Chevrolet Montana 2020
Chevrolet Montana atual, que custava iniciais R$ 78.790, sai de linha para abrir espaço para sua sucessora
Crédito: Divulgação

Comentários