SUV do Argo: o que sabemos sobre o "carro do BBB"

Novo modelo da Fiat, Progetto 363 será revelado em breve e vai ser um dos prêmios do vencedor do reality. Como ele será?

  1. Home
  2. Segredos
  3. SUV do Argo: o que sabemos sobre o "carro do BBB"
André Deliberato
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

O SUV do Argo foi assunto na noite desta terça-feira (2) após anúncio no BBB, o maior reality show da televisão brasileira. Na ocasião, a marca confirmou, por meio de um hotsite dedicado ao lançamento, que o novo modelo será um dos prêmios do grande vencedor do programa. Mas o que já sabemos sobre esse carro?

Por ora, a única nomenclatura revelada foi "Progetto 363" (Projeto, em italiano). O 363 representa a fileira de linha de montagem do carro na fábrica de Betim (MG). O que sabemos, por enquanto, é que o modelo será feito sobre a mesma plataforma do Argo (conhecida pela sigla MP1) e deverá contar com motor 1.0 turbo de três cilindros (com 12 válvulas e não 6, como acontece na versão aspirada).

SUV do Argo será rival de Nivus e cia

Estimativas do ano passado davam conta de que o pequeno utilitário custaria entre R$ 75 mil e R$ 90 mil, mas com a variação cambial nesse período os novos valores devem ficar entre R$ 85 mil e R$ 105 mil - próximo do que hoje é cobrado pelo Volkswagen Nivus, certamente seu maior rival no mercado brasileiro.

Mas note que os valores não podem "entrar" muito no que hoje é cobrado pelo Jeep Renegade (de R$ 86.039 a R$ 130.691, embora a versão mais emplacada não custe menos de R$ 100 mil), até para que não se crie a famosa canibalização dentro da gama de produtos da FCA.

Na prática, portanto, o SUV do Argo será um crossover ligeiramente menor do que os tradicionais SUVs compactos (como Nissan Kicks, Chevrolet Tracker, Volkswagen T-Cross, Hyundai Creta etc.) e, ao lado do carro acupezado da Volks, deve dar origem a um novo segmento no Brasil - que deve ser recheado de novos competidores ao longo dos próximos anos.

SUV do Fiat Argo
SUV do Argo deve ter inspiração no desenho frontal da picape Strada, com traseira que remete ao conceito Fastback
Crédito: Rafael Schmidt/CarangosPB

Motor turbo

O SUV do Argo roda em testes pelo país antes de ser mostrado oficialmente, como mostra o flagra de Rafael Schmidt, e será mais um carro com motor turbo. O 1.0 Firefly de três cilindros e 6 válvulas - que hoje equipa Uno, Mobi e Argo - deve receber recalibrações para receber o dobro de válvulas e a turbina. A potência estimada é de 125 cv a 130 cv.

Esse propulsor turbinado seria utilizado pelas versões mais caras. Nas de entrada, o modelo deve utilizar o mesmo 1.3 Firefly de 109 cv e 14,2 kgf.m de torque de Argo, Cronos e da nova Strada. Com essa escolha de motores, portanto, o carro deve oferecer câmbio manual de cinco marchas nas configurações iniciais e o tão aguardado (e inédito) automático, do tipo CVT, nas demais variantes.

Importante destacar que esse motor 1.3 aspirado, no entanto, é diferente do 1.3 Firefly turbo que será utilizado em breve pela Fiat Toro - ele aposenta de vez o 1.8 E.torQ e terá potência na casa dos 170 cv - e por alguns modelos da Jeep, como Renegade e Compass. Mas os entusiastas podem até sonhar com uma futura versão HGT do denominado Progetto 363 equipada com esta opção mais poderosa.

Visual

Acesse o site oficial do Progetto 363 e veja que por ora não há como conhecer o visual do modelo. O endereço, por enquanto, só mostra um vídeo que funciona como introdução a uma websérie e convida clientes a escolherem qual serão os temas dos próximos capítulos: segurança e robustez; design; performance ou conectividade. O próximo vídeo sai no dia 13 de março.

No vídeo já revelado, a Fiat afirma que o novo carro é uma mistura entre "projeto" e "progetto", pois destaca o fato de o modelo ter DNA brasileiro e italiano. "Usamos o que aprendemos com os clientes para criar esse novo automóvel", reforça o conteúdo publicado pela fabricante.

Curioso é que em vários momentos do vídeo (confira abaixo) o conceito Fastback (SUV da Toro mostrado no Salão do Automóvel de 2018) e nova geração da picape Strada aparecem constantemente, o que insinua que o 363 possa ter uma ligação com esses modelos na questão de aparência.

Comentários