Citroën C5 Break

A suspensão é um show!


  1. Home
  2. Testes
  3. Citroën C5 Break
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon
















ITENS TESTADOS 

















































Há quem a considere
mais bonita do que o próprio C5, sedã
do qual deriva. Gostos à parte, o fato
é que a Citroën C5 Break alia beleza
e conforto a um inteligente sistema de suspensão
que é um show. Equipada com motor 2.0 16V
que gera 138 cavalos, seu alto nível de
equipamentos a torna uma boa opção
para quem quer espaço mas não abre
mão de conforto e ótima dirigibilidade.


Por suas dimensões, a C5 Break é
o que se usa chamar no jargão popular uma
“barca”. Mas tamanho, nesse caso, não
é documento. Pelo contrário.


Muito confortável e esperta no trânsito,
a C5 Break não deve nada a muitos carros
pequenos. Espaçosa - leva tranqüilamente
três pessoas no banco de trás sem
aperto - a perua francesa é equipada com
o sistema de suspensão Hidractive III,
que adapta automaticamente a altura do veículo
em relação ao solo.


A perua tem motor 2.0 16V de 138 cavalos - para
ela não há opção do
V6, como o sedã. Seu desempenho não
é de arrepiar os cabelos, mas afinal, quem
pensa em participar de uma corrida com um carro
desses?


Além da suspensão, o modelo conta
com bons itens de conforto e tecnologia, como
o ar-condicionado com regulagem independente para
motorista e passageiro, o potente sistema de som,
sensores de chuva e luminosidade (acionam o limpador
de pára-brisas e os faróis automaticamente)
e detector de obstáculos no pára-choque
traseiro.









































DESEMPENHO

Motor, suspensão inteligente e eixo traseiro direcional
formam ótimo conjunto

No Brasil, infelizmente, a perua não tem a opção
do motor V6 3.0 24V, exclusivo para o sedã. Mas
o eficiente motor 2.0 16V gera 138 cavalos e, segundo
a Citroën, leva a C5 Break aos 208 km/h de velocidade
máxima.


Rodando em percurso misto (cidade/estrada) em condições
normais de dirigibilidade, a perua fez aproximadamente
12 quilômetros com um litro de gasolina, boa marca
para um carro de seu porte.


Mas a suspensão, equipada com o sistema Hydractive
III, é o grande “show” desse modelo.
O aparato é composto por 18 sensores que fazem
uma análise constante do terreno e do modo de
condução, adaptando automaticamente a
altura da carroceria em relação ao solo.
Também é possível alterar a altura
da suspensão manualmente, por meio dos botões
localizados no console central, à frente da alavanca
de freio-de-mão.


Aliado à suspensão age o eixo traseiro
direcional, que acompanha a posição das
rodas dianteiras. Com isso, a C5 Break enfrenta bem
curvas fechadas sem “deitar” a carroceria
e transmitindo segurança mesmo em altas velocidades.
Também colabora para o desempenho do carro a
direção assistida, que se adapta à
velocidade do veículo, tornando-se mais rígida
ou suave.


voltar






















CONFORTO



Na estrada ou na cidade, conforto é garantido


Uma boa estrada é o habitat natural da C5 Break.
Confortável tanto para quem viaja nos bancos
da frente quanto no de trás - mesmo passageiros
altos passam bem nessa perua - seu sistema de som com
CD player e comando satélite no volante é
muito bom e o ar-condicionado pode ser regulado independentemente
para o motorista e o passageiro.


O espaço para bagagem é de 563 litros
até a altura do vidro, podendo chegar aos 1.568
l com o banco traseiro rebatido.


Para facilitar o acesso ao compartimento de carga,
há um botão, localizado na coluna traseira,
que rebaixa a suspensão, e é possível
abrir-se apenas o vidro da tampa traseira, uma prática
solução.


Há vários “porta-trecos” espalhados
pelo carro: nas portas, no console, nas laterais do
porta-malas, debaixo do banco do passageiro e o porta-luvas
tem refrigeração.


voltar






















SEGURANÇA

Perua é equipada com vários
aparatos eletrônicos




A C5 Break vem equipada de fábrica com 6 airbags
- motorista, passageiro e cortinas laterais -, e os
fachos dos faróis são regulados automaticamente,
de acordo com a carga do veículo.


O carro também possui sensores nos pneus que
avisam, no painel, se um deles está com calibragem
baixa.


Há outros detalhes que colaboram para a segurança
do modelo, como o acionamento automático do pisca
alerta em caso de desaceleração brusca
ou choque, o acendimento automático dos faróis
(sensores no pára-brisa do veículo detectam
baixa luminosidade) e o sensor de chuva, que liga os
limpadores.


Os retrovisores são retráteis e têm
operação automática, assim que
desligado o veículo.





voltar























VISUAL

Grandes faróis e lanternas traseiras
atraem olhares




Grandes faróis e lanternas traseiras atraem olhares

No trânsito da cidade a C5 Break chama atenção
principalmente nos semáforos, com o “abaixa-e-levanta”
automático da suspensão.


Mas seu desenho também atrai olhares por onde
passa. Os faróis dianteiros e as lanternas traseiras
na vertical dão um toque moderno ao modelo.


Sua grande área envidraçada chama a atenção
- além de tornarem poucos os pontos cegos do
carro. Mas, como nem tudo e perfeito, as maçanetas
internas de abertura das portas dianteiras são
incomodas de serem manuseadas. Um pequeno detalhe, mas
que incomoda muito.


voltar








Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors