Ford EcoSport na versão intermediária oferece vida dura

A versão intermediária do modelo tem acabamento simples e pouca facilidade para rodar no dia-a-dia


  1. Home
  2. Testes
  3. Ford EcoSport na versão intermediária oferece vida dura
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- O Ford EcoSport é um verdadeiro campeão de vendas e isso ninguém pode negar, mas estava perdendo espaço até a chegada do novo modelo, renovado. As vendas voltaram a crescer, mas vale a pergunta: o que o novo Eco tem de especial? A Ford diz que o acabamento melhorou, que o desenho é mais moderno e que o desempenho também está mais adequado, especialmente na versão com motor 1,6-litro, que teve suas marchas reescalonadas. Nossa avaliação, entretanto, mostrou que não são exatamente estes os atrativos do carro.

Quando lançado no mercado o EcoSport foi considerado um “Fiestão”. O apelido é justo, se forem levados em conta os itens que o utilitário utiliza em comum com o irmão.

A suspensão é a mesma, porém reforçada, o motor é igual e o acabamento, idêntico. Agora pense em um irmão de mesma estrutura óssea, mas com alguns quilos a mais. O EcoSport não chega ser obeso, só que, equipado com motor Zetec-Rocam de 1,6-litro, ele pede água.

Com um peso em ordem de marcha de 1.208 kg, o carro tem uma relação entre peso e potência, quando abastecido com álcool, de 10,8 kg/cv. Imagine que, com três passageiros, esta média piora ainda mais. Apesar disso, o Ford Fiesta não fica muito longe: o peso declarado dele é de 1.120 kg.

Usando álcool o utilitário da Ford consegue arrancar do motor 1,6-litro, de 4-cilindros em linha, 111 cv a 5.500 rpm. Este propulsor tem um bom desempenho quando o assunto é disparada. A Ford anuncia uma aceleração de 0 a 100 km/h em 13 s. Porém, quando o tema é retomada, a média ponderada cai, pois são necessários 16 s para sair de 50 km/h e atingir 100 km/h em 4ª marcha.

O porta-malas do EcoSport é o segundo pior da categoria. O Mitsubishi TR4 tem 500 l e o Chevrolet Tracker, 275 l . Com capacidade para levar a mesma quantidade de bagagem de um veículo popular 296 l, o compartimento de bagagem do Eco tem um acesso complicado devido ao tipo de abertura da porta. Note que, no Ford Fiesta, há espaço para 305 l de bagagem e, no Fiat Mille 290 l.

Por essas e outras é que se nota que o novo design é o santo milagreiro da recuperação de mercado pelo utilitário. O Ford EcoSport chama a atenção mais do público feminino e de quem procura algo imponente, para sobressair no trânsito.Apesar do seu tamanho médio, 4,23 m de comprimento, 1,62 m de largura e 1,73 m de altura. Viver dentro do automóvel é uma tarefa até certo ponto cheia de macetes. O plástico do porta-luvas tem rebarbas que podem cortar os dedos, a capa do painel escapa com a trepidação, o forro das portas se solta e o ruído do motor é um pouco excessivo.

Em contrapartida, o ar-condicionado de série na versão XLS funciona bem e os comandos são próximos ao volante. A visibilidade do utilitário é excelente devido à boa área envidraçada e à posição de dirigir. Os espelhos retrovisores são maiores do que o normal e ficam exatamente na altura dos guidões das motocicletas. Isso não é legal para a convivência de um automóvel em centros urbanos.

Para pilotar o utilitário é necessária cautela, afinal ele não responde aos comandos como um automóvel menor. Com ele é preciso lembrar que você está a bordo de um carro mais pesado, com centro de gravidade mais alto e que tem um processo de frenagem mais lento.

Para encarar as trilhas, pegue leve. A tração dianteira e as rodas de 15”, calçadas com pneus para rua Pirelli 205/65 R15, deixam o EcoSport inapto para alguns terrenos acidentados.Ele pode fazer feio perante feras como Jeep Willys, Niva, Troller ou até mesmo Suzuki Samurai e Chevrolet Tracker.

Antes de você optar pelo EcoSport, é necessário considerar uma série de itens. Um Fiesta com o mesmo motor e nível de equipamentos custa em média R$ 41 mil. Já o EcoSport fica em torno de R$ 54 mil. O que o Fiesta tem de melhor? Economia de combustível, manutenção acessível, seguro mais barato, porta-malas maior e dirigibilidade favorecida. O que o EcoSport tem de melhor? Estilo e revenda.

FICHA TÉCNICA – Ford EcoSport XLS 1.6L Flex





















MOTORQuatro cilindros em linha, transversal, refrigeração a água, 1.598 cm³
POTÊNCIA 105 cv a 5.500 rpm gasolina e 111 cv a 5.500 rpm álcool
TORQUE 15,8 kgm a 4.250 rpm álcool e 14,8 kgm a 4.250 rpm gasolina
CÂMBIOManual de cinco velocidades
TRAÇÃO Dianteira
DIREÇÃO Tipo pinhão e cremalheira; hidráulica na versão XLS
RODAS Dianteiras e traseiras em aro 15” de aço
PNEUS Dianteiros e traseiros 205/65 R15
COMPRIMENTO 4,24 m
ALTURA 1,67 m
LARGURA 1,73 m
ENTREEIXOS 2,49 m
PORTA-MALAS 296 l
PESO em ordem de marcha 1.208 kg
TANQUE 54 l
SUSPENSÃO Independente do tipo McPherson, com braços e molas helicoidais com compensação de carga lateral e amortecedores pressurizados. Traseira semi-independente com amortecedores pressurizados
FREIOS Discos na dianteira e tambores na traseira
CORES Não informadas
PREÇOSR$ 53,47 mil


Gosta de utilitários esportivos pequenos?

Então veja aqui em nossos estoques a melhor oferta para você:

Ford EcoSport

Chevrolet Tracker

Mitsubishi TR4

Kia Sportage

Kia Sportage

Hyundai Tucson

Leia mais:

Novo EcoSport chega mais feminino e pelo mesmo preço

Da oficina: EcoSport mostra seus defeitos mais comuns

Chevrolet Tracker x Ford EcoSport 4WD

Guia de Compra Ford EcoSport

Ford EcoSport XLT Automático

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors