HB20 e Onix , qual dos dois merece ser campeão deste Carnaval?

Onix é mais barato e começou o ano vendendo mais, mas o HB20 apresenta melhor conjunto mecânico


  1. Home
  2. Testes
  3. HB20 e Onix , qual dos dois merece ser campeão deste Carnaval?
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon


Chevrolet Onix e Hyundai HB20 chegam para o seu primeiro Carnaval prometendo arrastar uma orla de foliões para a avenida. Se depender dos números de venda, ambos terão marchinhas para tirar até defunto da cova. Em janeiro, o bloco de São Caetano do Sul emplacou 10.724 unidades. Já a agremiação de Piracicaba se espalhou por 9.030 lares. br>

Para saber qual dos dois fará maior sucesso na passarela convocamos o time de juízes do WebMotors para dar as suas notas. Para equilibrar a disputa escolhemos as versões topo de cada um equipadas com motor 1.0L. Nesta configuração, o HB20 (Comfort Style) sai por R$ 39.095. O Onix (LT) é mais modesto, custa a partir de R$ 32.590. Sobre a diferença de preço, aparentemente grande, falamos depois.


Os primeiros quesitos avaliados são comissão de frente e fantasia. Nota dez para os dois. Os juízes chegaram à conclusão que os modelos marcam presença. Despertam olhares curiosos por onde passam. Também, são novidades. Cada um a seu estilo. O Onix vestiu uma fantasia mais robusta, encorpada, que ressalta o seu corpo viril e esculpido. Já o HB20 é mais esguio e entrega linhas fluidas.


Já no quesito alegoria, o HB20 leva a melhor por 10 a 9.5. Os dois tem plástico para todos os lados, mas o acabamento no hatch da Hyundai é mais cuidadoso no encaixe das peças. As diferenças estão nos detalhes. O HB20 tem regulagem do volante na altura e na profundidade. O Onix, somente na altura. Só o HB20 oferece sistema isofix para cadeirinha de bebês no banco traseiro.


O Onix dá o troco com o maior “carro alegórico”. São três centímetros a mais no comprimento, dois na altura e outros dois no entre-eixos. O resultado é mais espaço para as pernas no banco traseiro. Porém, neste ponto, quem quiser conforto deve mesmo sentar no banco dianteiro de ambos os hatch.


Distintos na Evolução


O Onix passeia pela passarela do Samba com um molejo carioca. Tem gingado para contornar buracos e lombadas sem importunar os seus ocupantes. Já o HB20 apela para a marchinha, tem suspensão mais dura, gosta de fazer curvas e nunca sai do ritmo. Os juízes devem ser imparciais, por isso um empate neste quesito.


Bateriabr>

É aqui que os foliões mais se empolgam. Por isso, é bom não fazer feio. O motor SPE 1.0L do Onix (uma evolução do Econo.flex) até faz algumas paradinhas rítmicas, mas neste caso existe um descompasso entre o que se espera e o que o propulsor entrega. O bloco demora a embalar.


A lentidão abaixo dos 3 mil rpm fica mais evidente na saída de um semáforo ou para subir uma ladeira. Já o coração do HB20 bate apenas com três cilindros (é o mesmo propulsor do irmão Kia Picanto), mas é leve, feito em alumínio e não faz feio nas acelerações. Dez para o Hyundai e nove para o Chevrolet


Custo-benefício


A nossa avaliação de Carnaval não ficaria completa se não colocássemos o quesito custo-benefício. Lembra a diferença de R$ 6.505 a favor do Onix do início do texto? Parte do abismo entre os dois se explica pela maior número de equipamentos disponíveis no HB20 topo de linha.


O Hyundai já se apresenta para o Carnaval “completão”. Por este preço, só ele entrega ar-condicionado, volante multifunção com regulagem de altura de profundidade (só altura no Onix), rodas de liga leve, faróis de neblina, computador de bordo e retrovisores elétricos, CD player com bluetooth (item de série para 2013).


Por R$ 32.590, o Onix tem como principais equipamentos apenas airbag duplo, os freios ABS com EBD e a direção hidráulica. Para tentar equilibrar a disputa o comprador do Onix teria que gastar mais R$ 3.500. Com este valor é possível levar mais ar-condicionado e o sistema MyLink (que é muito bom, por sinal). Mas é só.


Ou seja, o desfile do Hyundai saiu mais caro, mas ficou mais bonito na avenida.


 

Hyundai HB20

Chevrolet Onix

 

Confort Style

LT

Arquitetura

Carroceria monobloco, 2 volumes, 5 passageiros, 4 portas

Carroceria monobloco, 2 volumes, 5 passageiros, 4 portas

Motor

1.0 Kappa 12V DOHC CVVT Manual

SPE/4 M.P.F.I.

Tração

Dianteira

Dianteira

Cilindrada

998 cm³

999 cm³

Potência máxima (ABNT)

80 cv (etanol) @ 6.200 rpm  / 75 cv (gasolina) @ 6.200 rpm

80 cv (etanol) @ 6.400 rpm  / 78 cv (gasolina) @ 6.400 rpm

Torque máximo (ABNT)

10,2 kgfm (etanol) @ 4.500 rpm / 9,4 kgfm (gasolina) @ 4.500 rpm

9,8 kgfm (etanol) @ 5.200 rpm / 9,5 kgfm (gasolina) @ 5.200 rpm

Rodas

Liga leve

Liga leve

Pneus

175/70 R14

185/70 R14

Freios

Freios dianteiros a disco e traseiros com tambor equipados com ABS

Freios dianteiros a disco e traseiros com tambor equipados com ABS

Câmbio

Mecânico, 5 velocidades e marcha ré

Mecânico, 5 velocidades e marcha ré

Tanque de combustível

50 litros

54 litros

Porta-malas (litros)

300

280

Velocidade máxima

157 km/h (etanol/gasolina)

N/D

Entre eixos

2.500 mm

2.528 mm

Comprimento

3.900 mm

3.930 mm

Altura

1.417 mm

1.484 mm

Largura

1.680 mm

1.705 mm

Aceleração 0 a 100 km/h

15,9s (etanol/gasolina)

N/D

 

 

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors