J2 custará cerca de R$ 35 mil

Colunista Joel Leite estreou na China o JAC brasileir


  1. Home
  2. Testes
  3. J2 custará cerca de R$ 35 mil
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

J2 que será vendido no Brasil ainda não está totalmente pronto, mas começa a ficar com a cara do consumidor brasileiro. O colorido do painel já foi eliminado, a iluminação ficou mais discreta (era amarela, agora é azul), deixando o carro mais sóbrio, e a grade dianteira está sendo modificada, embora ainda na tenha sido mostrada.

O J2 tem um desenho alegre, linhas esportivas e dinâmicas que indicam um carro rápido. Não dá pra dizer que a dirigibilidade seja esportiva, mas o propulsor 1.4 de 108 cavalos é eficiente, se você encher o motor ele responde bem, tem uma pegada agressiva.

"A calibração do motor ainda não está pronta", revelou Rodrigo Villas Boas, gerente de Produto da JAC do Brasil, que está acompanhando as modificações do carro no Centro Tecnológico da empresa aqui em Hefei, na China. "Estamos fazendo os últimos acertos, vamos melhorar a quinta marcha".

O objetivo é oferecer uma direção com certa esportividade, mas com muito conforto ao usuário. "O J2 não é um carro esportivo, mas urbano, um carro para andar na cidade", disse Rodrigo. Apesar disso, a JAC vai oferecer ao consumidor detalhes que darão um aspecto mais despojado ao carro, como faixas coloridas e detalhes de acabamento.

O J2 vai concorrer no Brasil diretamente com o Picanto, da Kia. Vem completo de série, com trio elétrico, airbags, ABS, ar-condicionado. O modelo concorre também com a versão topo de linha do Uno. Sérgio Habib espera vender 1,5 mil unidades por mês, ao preço de R$ 35 mil. O carro teve 160 modificações em relação ao modelo chinês, entre mudanças estéticas, funcionais e legais. Ele terá pneus 175/60 de 14 polegadas, distância entre-eixos de 2,390m, comprimento de 3,535m, largura de 1,640m, altura de 1,475m e peso em ordem de marcha de 915 quilos.

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors