Nissan New March encara JAC J3S

Hatches compactos tentam abocanhar clientes com recheios acima da média


  1. Home
  2. Testes
  3. Nissan New March encara JAC J3S
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon


O movimento do ‘mais por (nem tanto) menos’ contaminou (felizmente) o segmento dos veículos compactos. Antes ‘peladões’ por natureza, os chamados ‘populares’ agora oferecem equipamentos outrora presentes apenas em veículos maiores, como transmissão automatizada, controle de estabilidade, central multimídia, câmera de ré e até navegação GPS. De olho neste movimento, o WebMotors colocou frente a frente um representante da nova e da velha guarda: Nissan New March SR 1.6 (R$ 42.990) e JAC J3S 1.5 Jetflex (R$ 39.990), respectivamente.

O preço do New March está longe de ser atraente – por este mesmo valor é possível comprar o Ford New Fiesta SE 1.5 hatch -, mas a lista de equipamentos de série salta aos olhos: ar-condicionado digital, direção elétrica progressiva, computador de bordo, conexão Bluetooth, faróis de neblina, volante multifuncional, rádio CD player com MP3 e entrada USB, central multimídia com tela colorida sensível ao toque de 8,4 polegadas, sistema de navegação e câmera de ré – além do trivial, como travas e vidros elétricos, e air bag duplo frontal e freios com ABS e EBD (distribuição eletrônica da força de frenagem).

O J3S é R$ 3.000 mais em conta. No entanto, não entre o mesmo nível tecnológico de itens de fábrica em relação ao Nissan. O JAC entrega direção hidráulica, ar-condicionado, faróis de neblina, travas e vidros elétricos, rádio CD player com entrada USB e sensor de estacionamento traseiro. Ficou devendo computador de bordo (série no concorrente), mas levou vantagem na garantia de seis anos (no New March são três).

DESIGN

Em termos de design, os dois modelos passaram por atualizações recentes. Porém, o ‘tapa’ no visual que Nissan recebeu foi mais refinado, agregando modernidade ao modelo. O JAC, por sua vez, manteve o mesmo jeitão de quando por aqui desembarcou, em maio de 2011. As rodas de liga leve de 16 polegadas do New March conseguem ofertar esportividade ao hatch, algo que não acontece com as rodas de alumínio de 15 polegadas do J3S.

ACABAMENTO E CONFORTO

Por dentro, o acabamento do modelo da marca de origem japonesa, mesmo sóbrio, é mais refinado que o rival importado da China. Os materiais são de qualidade superior e estão melhor encaixados. Até mesmo o design dos comandos e leitores, como painel de instrumentos, é mais interessante no Nissan. É importante ressaltar que na última atualização, o interior do JAC melhorou significativamente em comparação ao anterior, mas ainda há muito que evoluir.

Em contrapartida, o chinês é mais espaçoso que o ‘nipo-brasileiro’, principalmente para aqueles que viajam no banco traseiro, pois encontram mais espaço para as pernas. São significativos 14 cm a mais de comprimento e 5 cm de distância entre os eixos. Para quem viaja, o porta-malas do JAC transporta 350 litros, enquanto o do New March fica nos acanhados 265 litros.

RODANDO

Em termos de números, o dois hatches são parecidos. O Nissan é equipado com motor 1.6 16V bicombustível de até 111 cv de potência e 15,1 kgf.m, quando abastecido com gasolina ou etanol. O JAC, por sua vez, utiliza propulsor 1.5 16V flexível que gera até 127 cv e 15,7 kgf.m de torque com etanol no tanque. Na prática, porém, o New March é mais divertido.

O primeiro ponto a ser levado em conta é o peso. Enquanto a balança para o Nissan marca 982 quilos, para o J3S o ponteiro passa da 1 tonelada (1.060 quilos). Outra questão relevante é o escalonamento mais curto do câmbio de cinco marchas do New March, que agrega agilidade ao pequenino principalmente no perímetro urbano, onde acelerações e retomadas são mais frequentes. Ressalva para o barulho dos engates e para o revestimento acústico, problemas também identificados no J3S.

As suspensões de ambos são bem acertadas, apesar de ligeiramente diferentes. A do JAC tem personalidade mais voltada para o conforto, sendo bem agradável nas ruas esburacadas dos grandes centros, enquanto a do Nissan tem setup mais firme, focado para uma condução mais esportiva – entrar com o pé mais fundo no acelerador em uma curva é mais divertido no New March.

CONCLUSÃO

Apesar de ser R$ 3.000 mais caro, o New March leva este comparativo por apresentar uma lista de equipamentos de série mais extensa e com itens que realmente fazem a diferença (central multimídia, navegação GPS e câmera de ré), design mais atual e desempenho ligeiramente superior. Com o novo motor 1.5 Jetflex, o J3S realmente ganhou fôlego extra, mas o projeto que já revela as rugas da idade e a lista de equipamentos mais acanhada pesaram contra o chinês. Quem diria, há pouco mais de três anos, que um JAC perderia por ser menos recheado. Sinais de um novo momento...

Consulte preços do JAC J3S e do Nissan New March na Tabela Fipe WebMotors.

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors