Russos enchem Lada com 5 toneladas de concreto

Velho Laika ficou com o interior repleto do material. Você acha que o sedã aguentou tanto peso? Veja o vídeo

  1. Home
  2. Cultura WM1
  3. Russos enchem Lada com 5 toneladas de concreto
Redação WM1
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Às vésperas do começo da Copa do Mundo da Rússia, vale lembrar que a ex república soviética já teve modelos vendidos aqui, da marca Lada, que fizeram algum sucesso no começo dos anos 90 por conta dos preços acessíveis e da mecânica robusta, emprestada de projetos da Fiat dos anos 60 e 70. Além do SUV Niva, que volta e meia é alvo de rumores sobre um eventual retorno ao país, um dos carros da Lada comercializados aqui foi o sedã quadradinho Laika.

icon photo
Legenda: Lada Laika é preenchido com concreto 45 Garage
Crédito: Reprodução

Um exemplar já bem gasto pelo tempo do Laika virou um "experimento" inusitado do canal russo 54 Garage, que já tem mais de 1,4 milhões de inscritos no Youtube e conta com uma versão dublada em inglês neste link. Os caras pegaram o Laika e encheram o carro com cerca de 5 toneladas de concreto para conferir se depois ele ainda conseguiria rodar com tanto peso extra.

 Lada Laika é preenchido com concreto 45 Garage
Legenda: Lada Laika é preenchido com concreto 45 Garage
Crédito: Reprodução

O concreto foi despejado de uma betoneira pelo porta-malas e preencheu todo o interior do veículo, até quase a altura da base das janelas laterais. Todos os bancos foram retirados, exceto o assento do motorista, que foi separado do concreto com uma divisória de madeira para permitir que alguém tentasse dirigir o sedã depois de o material secar.

Após o concreto ser despejado, as rodas traseiras, em especial, baixam consideravelmente por conta do peso. Com o cimento já seco, um dos malucos que participou da experiência liga o motor e tenta mover o Lada, mas sai muita fumaça e o carro mal se mexe.

 Lada Laika é preenchido com concreto 45 Garage
Legenda: Lada Laika é preenchido com concreto 45 Garage
Crédito: Reprodução

Os caras, então, decidem colocar o Laika em um pavimento mais aderente e colocaram mais pressão nos pneus. Deu certo: conseguiram rodar com o sedã para a frente e para trás, provando a valentia do velho carro russo.

VÍDEO RELACIONADO

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors