F150 Lightning: Aceleramos a picape mais rápida

O motor V8, de 5,4 litros, entrega 380 cv

  1. Home
  2. Cultura WM1
  3. F150 Lightning: Aceleramos a picape mais rápida
Renato Bellote
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon


Se tem uma coisa que os norte-americanos sabem fazer bem é picapes. Os utilitários são adorados por lá, seja pelo tamanho ou simplesmente pela possibilidade de colocar um motorzão pra sair rabiscando o asfalto a cada pisada no acelerador.

 

E uma das minhas preferidas é a Lightning. A versão recebeu o tempero da SVT (divisão esportiva da marca) para despachar a concorrência e entregar pura diversão ao volante. O aspecto musculoso da carroceria era garantido pela caçamba abaulada, algo que faz falta hoje em dia.

 

Meu interesse começou de forma curiosa. Estava parado em um semáforo há questão de doze anos quando vi uma delas vindo pela rua paralela. Ao contornar a esquina uma pisada no acelerador provocou a saída de traseira, acompanhada do som único do supercharger. Paixão à primeira vista.

 

Mas existem as exceções. Esse é o caso. E ainda com alguns upgrades. Isso significa uma só coisa: ainda mais diversão. O motor V8, de 5,4 litros, com supercharger da Eaton entrega 380 cv, com torque de 45,8 kgfm. Com a mudança da polia e o remapeamento do chip vieram mais 100 cv, totalizando 480 cv.

 

 

Impressões ao volante

A transmissão de quatro velocidades dá conta do recado. Aliás, ela foi emprestada da versão V10 à diesel, o que significa que aguenta muito tranco. Pesquisando na internet encontrei alguns exemplares com 700 cv ou 800 cv, além de modelos usados em arrancada. Sempre existem os insatisfeitos.

 

Um capítulo interessante da F150 Lightning é o que diz respeito ao seu recorde. A picape foi eleita a mais rápida do mundo, marca reconhecida pelo Guinness e sempre lembrada pelos orgulhosos proprietários. Também, acelerar até os primeiros 100 km/h em 5,2 segundos não é pra qualquer um.

 

O comportamento dinâmico é bom, mas exige cautela também. Isso porque a traseira é leve e adora rebolar nas saídas de curva. Atenção redobrada para controlar a máquina através de um ligeiro contra-esterço. Mas a experiência valeu – muito – a pena, mesmo com uma espera de doze anos.

 

 

 

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors