Ícones do estilo e da velocidade serão leiloados em setembro nos EUA

Modelos como a “Little Red Wagon”, que empinava as rodas dianteiras, serão vendidos no leilão “Icons of Speed & Style”
  1. Home
  2. Cultura WM1
  3. Ícones do estilo e da velocidade serão leiloados em setembro nos EUA
Gustavo Ruffo
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- Muitos marmanjos brincaram com veículos de brinquedo que eles sonhavam ser verdadeiros para dirigir quando crescessem. A questão é que muitos destes veículos realmente existiram. Alguns deles estarão à venda em 26 de setembro deste ano, no Petersen Automotive Museum, de Los Angeles, na Califórnia. São carros como o Dodge Deora, um carro criado para apresentações que fez a cabeça de muitas crianças dos anos 1960 e 1970.

Para facilitar a visualização dos veículos, considerando que não temos o recurso de colocar legendas nas imagens, falaremos deles na ordem em que estão na coluna ao lado, sempre do mais caro para o mais barato. Os preços podem passar do milhão de reais.

1 – Chevrolet Chevelle LS6 Conversível 1970: dirigido por Ray Allen em 1970, esse veículo de arrancada era chamado de “Killer Car” carro matador. Ele conseguiu vencer todas as competições em que se escreveu no ano de sua fabricação, isso apesar de se tratar de um conversível, modelos que não são favorecidos nem pela aerodinâmica nem pelo peso. Vencedor do título “Super Stock World Champion” em 1970, o carro já passou por um leilão em 2006 e atingiu a cifra de US$ 1,2 milhão, pouco menos de R$ 2,4 milhões. Agora, o preço mínimo será de US$ 500 mil, também um pouco abaixo de R$ 1 milhão, mas a expectativa é que o preço chegue a US$ 700 mil, mais de R$ 1,3 milhão.

2 – Dodge Deora 1965: construída pelos irmãos Alexander, Mike e Larry, com a ajuda do designer da GM Harry Bentley Bradley, a Dodge Deora virou miniatura e um dos modelos de montar mais populares do mundo. Baseada na Dodge A100, que tinha o interessante motor “slant six”, um seis cilindros em linha inclinado em 30º, o carro de apresentações correu os EUA e fez de Bradley um sujeito popular com a molecada. Tanto que ele saiu da GM e foi trabalhar na Mattel para criar carrinhos para a Hot Wheels. O menor preço para a picape é estimado em US$ 350 mil, um pouco abaixo de R$ 700 mil. O máximo deve ficar na cada dos US$ 500 mil, um R$ 900 mil e uns quebrados.

3 – Chevrolet Corvette 1961 de “Big John” Mazmanian: outro piloto de provas de arrancada muito querido nos EUA, “Big John” Mazmanian tinha dedos de Midas na preparação de veículos e nenhuma consideração por ícones automotivos. Depois de criar este Corvette, que tinha motor “small block” de 283 cv, uma transmissão automática de quatro marchas e Positraction, ele entregou a máquina a seu sobrinho, Rich Siroonian, que venceu diversas provas com o veículo. Insatisfeito, Mazmanian instalou um compressor mecânico no Corvette, vencendo novas provas importantes com a ajuda do sobrinho, mais uma vez. O carro competiu até 1963, quando Mazmanian se decidiu a trocá-lo por um Willys 1941, carro que, apesar de menos famoso, também foi campeão nas mãos de “Big John”. A oferta mínima pelo carro será de US$ 300 mil menos de R$ 600 mil e a máxima deve se situar em US$ 400 mil pouco mais de R$ 700 mil.

4 – Road Agent 1964, criado por Ed “Big Daddy” Roth: você talvez nunca tenha visto o carro em si, mas o símbolo do “Big Daddy” certamente já cruzou sua vista. Seja como for, o Road Agent foi bastante popular nos EUA e também se transformou em miniaturas. Também, pudera: mesmo em tamanho natural o carro parecia ser de brinquedo. Tinha motor traseiro, do Chevrolet Corvair, e usava a mesma transmissão, mas invertida. O chassi tubular de aço cromo-molibdênio sustentava a carroceria exótica. Na dianteira, uma suspensão de Ford 1937 e uma barra de torção VW davam o toque final. Pelo Road Agent o mínimo que a RM Auctions vai pedir é US$ 250 mil R$ 500 mil, mais ou menos, com valor máximo esperado de US$ 350 mil R$ 700 mil, mais ou menos.

5 – Dodge A100 “Little Red Wagon Wheelstander”: criada por Bill “Maverick Golden, esta picape também se baseia na Dodge A100, mas, em vez do “slant six”, ela tem um motor Chrysler Hemi instalado pouco à frente do eixo traseiro. Quando acelerava, a picapinha levantava as rodas dianteiras é o que Wheelstander significa. Mesmo assim, com tanta resistência aerodinâmica, venceu diversas provas de arrancada e levou as plateias ao delírio. Quem quiser levá-la para casa terá de tirar US$ 200 mil do bolso pouco menos de R$ 400 mil, mas tem de estar preparado para gastar até US$ 300 mil menos de R$ 600 mil. Isso se o carisma da “Little Red Wagon” não elevar seu preço além de qualquer previsão.

6 – Ford Five Window Coupe “The Avenger” 1932: este carro foi comprado por Don Tognotti em 1960 por US$ 200 menos de R$ 400, mas o dólar, na época, valia muito mais. Depois, instalou um motor Chrysler FirePower 331 de 5,4 litros com quatro carburadores Stromberg 97 e uma transmissão DeSoto 1937. No total, o carro custou US$ 4.056,22, pouco menos de R$ 8.000. Agora, o “The Avenger”, algo como “O Vingador”, tem um valor bastante superior. Começará nos US$ 200 mil pouco menos de R$ 400 mil e irá, segundo a RM Auctions, até uns US$ 250 mil pouco menos de R$ 500 mil.

7 – “Boothill Express” Custom Show Rod 1967: dê uma boa olhada na foto. Se você acha que o “Boothill Express” é uma carruagem, acertou. Aliás, ele era um famoso carro funerário nos EUA, o Cunningham Hearse, veículo feito em 1850 que, entre outros, transportou o corpo de Bob Younger, um dos comparsas de Jesse James, ao cemitério Lee’s Summit Historical Cemetery. Segundo a RM Auctions, o carro foi construído com a carruagem original, que usava quatro cavalos, mas também se diz que o veículo seria uma reprodução da carruagem original, ainda que extremamente bem feita. “Boothill Express” significa algo como “Expresso para a Terra dos Pés Juntos”, lugar para o qual só quem pode ir é o motorista e algum eventual passageiro. Dentro do carro, ou carruagem, viaja confortavelmente um motor Chrysler Hemi de mais de 500 cv, montado entre os eixos. Como se trata apenas de um carro de apresentação, não se imagina ninguém que teria coragem de acelerar ou frear forte o veículo. Até porque ele é o único dos Kustom Kars de Ray Fahner a ser exibido no Museu de Arte Moderna de Nova York. O preço deve variam de US$ 150 mil a US$ 200 mil, ou de pouco menos de R$ 300 mil a pouco menos de R$ 400 mil.

8 – Westergard Mercury 1940: este é considerado o vovô dos carros customizados. Criado por Harry Westergard em 1940, ele foi encomendado por um tal de Butler Rugard, que queria para-lamas fechados em seu carro como os do Buick Y-Job, o primeiro carro-conceito do mundo, de 1938. O lance inicial para este veículo é US$ 125 mil pouco mais de R$ 200 mil e pode chegar a US$ 175 mil pouco mais de R$ 300 mil.

9 - Lincoln Continental Mark V Limousine 1960: o primeiro proprietário deste carro foi Elvis Presley. Comprado na concessionária Schilling Motors, em Memphis, a limusine custou US$ 10.544,50, o que, em dinheiro de hoje, poderia parecer pouco menos de R$ 20 mil, mas era uma quantia bem polpuda. Depois de comprada, a limusine foi mandada para a Hess & Einsenhardt, a mesma empresa que criou a limusine Lincoln X-100, na qual John Kennedy foi assassinado. Na de Elvis, havia dois sistemas de ar-condicionado independentes para a dianteira e para a traseira, algo que hoje o Citroën Xsara Picasso oferece, mas que, na época, era muito sofisticado. O preço inicial pelo carro é de US$ 80 mil algo em torno de R$ 150 mil, mas o valor deve extrapolar os US$ 120 mil cerca de R$ 230 mil.

10 - "The Wizard" Top Fuel Dragster: poucos carros nos EUA conseguiram ganhar mais de uma vez o título de “Top Fuel World Champion”. Bennie “The Wizard” Osborn foi o primeiro homem a conseguir fazer isso, em sequência 1967 e 1968 com este veículo, que também se popularizou como miniatura entre a garotada da época. O valor mínimo para lances é de US$ 75 mil cerca de R$ 130 mil. O máximo deve bater nos US$ 100 mil pouco menos de R$ 200 mil.

Além dos veículos que mostramos, outros 70 ícones do estilo e da velocidade passarão pelo pregão. Se a crise nos EUA não atrapalhar os negócios, as chances de que todos sejam vendidos são altas, especialmente pela importância histórica que eles possuem.

Gosta de clássicos e de esportivos?

Então veja aqui no WebMotors as melhores ofertas para esses carros míticos:

Austin

Alfa Romeo

Americar réplicas

BentleyBianco

Chamonix réplica

DKW-Vemag

Dodge

Ferrari

Leia também:

Coleção de woodies mais importante do mundo será vendida em agosto

Hurtan Grand Albaycin, inspirado no Jaguar XK 120, é moderno

Ferrari 250 TR se torna o carro mais caro do mundo

Dia do Automóvel: comemore aprendendo mais sobre ele

Réplica perfeita do Mercedes-Benz 300 SL é feita na Alemanha

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors