Mazda Miata: Roadster mais vendido do do mundo

Cultuado nos anos 1990, modelo utilizava motores 1.6 ou 1.8

  1. Home
  2. Cultura WM1
  3. Mazda Miata: Roadster mais vendido do do mundo
Renato Bellote
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon


No início da década de 90 uma ideia de um jornalista automotivo, como este que vos escreve, revolucionou o mundo dos carros. Melhor dizendo, especificamente dos roadsters, automóveis comprometidos com o puro prazer ao volante e que sempre extraem um sorriso do rosto do motorista.

O conceito de roadster surgiu na Europa, mais precisamente na Inglaterra, e se tornou um sinônimo de diversão e altas doses de adrenalina. Isso porque as carrocerias leves em conjunto com motores de potência média garantiam ótimos momentos na direção.

O Mazda Miata pegou um pouco dessa bagagem toda e aprimorou a idéia. O resultado foi um modelo compacto e que “vestia” o condutor como poucos. Navegando em busca de informações nos fóruns especializados é quase impossível encontrar  uma crítica sobre um deles.

IMAGE

IMPRESSÕES AO VOLANTE

Os motores de 1,6 e 1,8 litro dão conta do recado sem abusar demais da potência. Basta guiá-lo com a capota abaixada para perceber, em poucos minutos, a verdadeira essência da condução esportiva. O carro leve acompanha o pensamento do “piloto” a cada curva.

Além disso, a ergonomia é um dos pontos fortes. Volante, câmbio e pedais estão exatamente onde deveriam e garantem uma manobrabilidade e rapidez realmente impressionantes. Se tiverem a oportunidade de acelerar um Miata, não pensem duas vezes e pisem fundo. Garanto que vai valer a pena.

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors