Campeão antecipado

  1. Home
  2. Bolso
  3. Campeão antecipado
Nelson Piquet
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- O neozelandês Mike Sanderson e a sua tripulação no barco ABN Amro 1 Banco Real no Brasil deram mais uma demonstração de domínio total e venceram a etapa disputada entre Nova York e o sul da Inglaterra. Com essa 15ª colocação obtendo os pontos máximos em 19 oportunidades até agora o barco holandês venceu por antecipação a edição 2005-2006 da Volvo Ocean Race.

Dominaram até aqui a prova no estilo Schumacão ou Valentino Rossi e colocaram no mapa da vela o projetista argentino Juan K. O barco brasileiro Brasil 1 Qualcomm/Vivo/Nívea terminou em 4º a etapa e disputa diretamente com o americano Piratas do Caribe os outros dois degraus do pódio.

Como toda grande, mundial e difícil competição da mesma órbita das 500 Milhas de Indianápolis, 24 Horas de Le Mans e Rali Dakar, a Volvo Ocean Race é extrema e, por isso mesmo, sujeita a todos os tipos de intempéries, no sentido figurado, claro.

Mas a força da sua contribuição para o esporte, para a história e para a segurança futura causa ondas figurativamente outra vez ainda maiores. Afinal de contas, veleiros capazes de atingir velocidades de mais de 70 Km/h até dois anos atrás pareciam apenas um grande sonho. Hoje é uma demonstração de que não existem limites quando a dupla “invenção e dedicação do ser humano” entram em campo. Nada mal se a mesma objetividade fosse usada em outros campos. Mas aqui não é lugar e nem hora para esse outro tipo de história.

Acelerando fundo
O velho Audi R8 Categoria protótipo 1 desta vez teve que se curvar aos
novos Porsche RS Spyder, que fizeram dobradinha a ponta na prova da ALMS em Mid Ohio.

Na GT1, mais uma dobradinha Corvette e, na GT2, mais uma vez Posrche GT3 RSR na frente, com o Panoz Esperante GT-LM em 2º, a menos de 1 segundo.

Em Monterey bocejo mais uma pole do Bourdais na Champ Car e, na Sardenha outro bocejo mais uma vitória do Loeb no Mundial de Rali. As performances dos dois franceses homônimos Sèbastien estão acabando com o interesse em duas categorias que, em outras épocas, já foram muito competitivas.

Na Stock Car em Campo Grande, vitória do Cacá Bueno Eurofarma, com David Mufatto BRB em 2º e o líder do Campeonato, Hoover Orsi BRB, em 3º.

A Indy 500 vem aí

Na semana que vem a Indy 500 larga para a sua edição de número 90 e, pela 13ª vez, tem um carro da Equipe Penske na pole. No sábado passado, o Sam Hornish Jr. confirmou o domínio que teve durante todos os treinos e foi mais uma vez o mais rápido. Logo atrás, em 2º, ficou o Helinho Castroneves, o único outro carro que classificou a mais de 228 milhas de média. Completando a primeira fila ficou o campeão do ano passado, o inglês Dan Wheldon. Na segunda fila, em 5º e em 6º, mais dois brasileiros, o Tony Kanaan e o Vitor Meira; em 21º e em 29º ainda o Felipe Giaffone e o Airton Daré; o Thiago Medeiros se classificou no apagar das luzes. Temos muitas alternativas, então, para treinar a nossa torcida logo antes da Copa do Mundo de futebol. Domingo que vem, mais de 500 mil pessoas ao vivo, no local e mais milhões pela TV no mundo todo vão poder assistir a uma batalha, de 3 horas de duração, que neste ano fica ainda mais focada no talento de pilotos e equipes, já que todos usam motor Honda e, a grande maioria, chassis Dallara.
_______________________________
E-mail: Comente esta coluna

Nelson Piquet é tricampeão mundial de Fórmula 1 e o primeiro campeão da Era Turbo da competição. Participou de 204 provas, com 23 vitórias. Atualmente se dedica à administração de suas empresas e à carreira esportiva do filho, Nelson Ângelo Piquet, o Nelsinho, além de ser colunista do WebMotors.

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors