Confira os sedãs 0 km até R$ 60 mil

Separamos os modelos do segmento mais baratos à disposição no mercado brasileiro

  1. Home
  2. Bolso
  3. Confira os sedãs 0 km até R$ 60 mil
Fernando Miragaya
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Achar carro por menos de R$ 60 mil no mercado brasileiro demanda certa pesquisa hoje em dia. Ainda mais para quem precisa de um modelo novo para trabalhar, seja para rodar como táxi ou motorista de aplicativo, ou mesmo que necessite de porta-malas maior. WM1 garimpou os sedãs 0 km até R$ 60 mil. Veja qual deles cabe no seu bolso e mais combina com a sua garagem.

Fiat Grand Siena - R$ 51.290

O sedã fica pouco acima dos R$ 50 mil e é o mais barato da lista. Mas isso na versão Attractive com motor 1.0 de 75/73 cv. O propulsor não é dos mais entusiasmantes, mas o modelo se vale de custo/benefício agressivo, espaço interno interessante mas, principalmente, de um porta-malas com generosos 520 litros de capacidade.

A boa notícia é que se você quiser o caro um pouco mais potente, a mesma versão, mas com o 1.4 de 88/85 cv, também entra no rol de sedãs 0 km por até R$ 60 mil. Custa R$ 55.790 e seu desempenho é apenas competente, porém funcional para o uso urbano.

Fiat Grand Siena Attractive 1 2
icon photo
Legenda: Fiat Grand Siena Attractive é um dos mais baratos entre os sedãs 0 km até R$ 60 mil
Crédito: Divulgação

A lista de equipamentos traz o básico: ar-condicionado, direção hidráulica, vidros dianteiros e travas elétricos, computador de bordo e ajustes de altura do banco do motorista e do volante. Som, rodas de liga-leve, retrovisores elétricos, alarme e sensor de ré são opcionais que podem somar até R$ 4.490.

O custo das três primeiras revisões com preço fixo até 60.000 km sai por R$ 4.048 (1.0) ou R$ 3.912 (1.4). O Grand Siena é o único do segmento que pode vir com a pré-disposição para kit GNV de fábrica, naquela que seria a versão Tetrafuel.

Ford Ka Sedan - R$ 53.590

O modelo da Ford recebeu um belo trato na reestilização da linha 2019, com novo acerto de suspensão, reforços estruturais e melhorias no conjunto mecânico. O modelo ficou mais firme nas curvas e o motor 1.0 Ti-VCT de 85/80 cv é considerado um dos melhores três-cilindros do mercado, com desempenho dentro do esperado, só que bem mais suave no rodar.

O compacto tem três versões que se enquadram dentro da lista de sedãs 0 km até R$ 60 mil. Além do modelo de entrada SE, com preço de R$ 53.590, tem a SE Plus, mais equipada e por R$ 58.490. Ela é equipada com trio elétrico, sensor de ré e a central multimídia Sync 2.5, com tela de 7" e conectividade com Apple Car Play e Android Auto.

Ford Ka Sedan Titanium 1.5 Flex Automático
icon photo
Legenda: Ford Ka Sedan tem bons motores de três cilindros
Crédito: Mario Villaescusa/WM1

Ainda dentro da nossa régua, tem mais uma opção do Ka Sedan SE, só que com o ótimo motor 1.5 Dragon de até 136 cv de potência, por R$ 59.890. Contudo, a lista é mais enxuta que na SE Plus: perde retrovisores elétricos e a central dá lugar a um som simples, por exemplo.

Em termos de espaço, o Ford é mais do mesmo e não concede muitas folgas aos ocupantes. O porta-malas tem 445 litros e as despesas com as visitas à concessionária até os 60 mil km ficam em R$ 3.544 (1.0) e R$ 3.344 (1.5).

Nissan Versa Conforto 1.0 - R$ 56.990

O espaçoso três-volumes da marca japonesa acomoda bem dois adultos e uma criança no banco de trás, beneficiado pelos 2,60 m de entre-eixos. Mas só entra na lista dos sedãs 0 km até R$ 60 mil com a configuração de entrada Conforto, com o competente motor 1.0 de até 77 cv.

O conforto só não é melhor pelos bancos dianteiros estreitos, enquanto o porta-malas leva 460 litros de volume. O Nissan também encontra no custo de revisão um apelo de venda:  R$ 2.675 nas seis idas à concessionária, o mais em conta do segmento de sedãs compactos.

Nissan Versa
icon photo
Legenda: Nissan Versa tem o custo de manutenção mais barato do segmento e entre os sedãs 0 km até R$ 60 mil

A lista de equipamentos é boa: ar, direção elétrica, trio, banco do motorista e volante multifuncional com regulagens de altura, computador de bordo e som com Bluetooth e USB. Vale salientar que uma nova geração do Versa está a caminho, prevista para ainda este ano de 2020 e importada do México - só que este sedã brasileiro será mantido em versões mais simples e sob a alcunha de V-Drive.

Hyundai HB20S Vision 1.0

A segunda geração do modelo da marca sul-coreana figura na lista dos sedãs até R$ 60 mil com duas variantes. A de entrada, Vision, por R$ 56.690, sai de fábrica com ar-condicionado, direção elétrica,

trio, chave tipo canivete, computador de bordo e central blueMedia, com tela de 8", conectividade com Apple CarPlay e Android Auto.

icon photo
Legenda: Hyundai HB20S tem dois exemplares em nossas opções de sedãs 0 km até R$ 60 mil
Crédito: Divulgação

A Evolution custa a partir de R$ 59.990. Ela agrega itens importantes de segurança, como os controles de estabilidade e tração, além do assistente à partida em rampas e sensor de ré. Também leva rodas de liga-leve aro 15", faróis de neblina, revestimento diferente dos bancos e sensor de luminosidade.

Ambas as versões são equipadas com o mesmo motor Kappa 1.0 três-cilindros aspirado de 80/75 cv. Também é outro modelo que se destaca nas revisões até 60.000 km: R$ 2.726,68.

Renault Logan Life 1.0 - R$ 56.190

O Logan passou por profunda remodelação em 2019 e ficou bem mais confortável, graças aos novos bancos. O espaço interno continua como um dos destaques da linha, assim como o porta-malas de 510 litros.

De quebra. consegue manter dois modelos nesta lista de sedãs 0 km até R$ 60 mil. A começar pela Life, que custa R$ 55.690, mas é bem espartana e traz de destaque mesmo os quatro airbags, ar, direção eletro-hidráulica, vidros dianteiros e travas elétricos e chave tipo canivete.

icon photo
Legenda: Renault Logan passou por profunda remodelação no ano passado
Crédito: Divulgação

A Zen chega a R$ 59.790 e agrega a central multimídia Media Evolution, com Android Auto, Apple CarPlay e tela de 7". Também vem a mais com regulagem de altura do banco do motorista, alarme, luz nos para-sóis, no porta-malas e no porta-luvas, entre outros.

As duas variantes usam o mesmo motor 1.0 SCe três cilindros, com 82/79 cv. O custo total de manutenção nas seis revisões até os 60 mil km fica em R$ 3.105,80.

Toyota Etios Sedan - R$ 59.390

O modelo da marca japonesa só entra na lista com sua versão de entrada X, por R$ 59.390. Mas, além do gigantesco porta-malas com 562 litros de capacidade - o maior entre os sedãs 0 km até R$ 60 mil -, o carro dispõe de um eficiente motor 1.5 de até 107 cv

Na parte de equipamentos de segurança, se destaca pelos controles de estabilidade e tração e assistente de subida em rampa. Em conforto, contudo, oferece o trivial ar, direção elétrica e trio, além de computador de bordo e chave com telecomando, mas falta som e as rodas são de aço.

icon photo
Legenda: Toyota Etios Sedan tem porta-malas gigante e manutenção moderada
Crédito: Divulgação

Ao mesmo tempo, o Etios Sedan se destaca pela manutenção com preços competitivos dentro do segmento. As seis revisões até os 60.000 km somam R$ 3.231,19.

Comentários