Contrária a onda de fusões, a montadora francesa acredita no crescimento individual

Peugeot prefere a solidão
  1. Home
  2. Bolso
  3. Contrária a onda de fusões, a montadora francesa acredita no crescimento individual
Redação WM1
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- Cada vez mais conglomerados automotivos estão surgindo para sobreviver à concorrência do mercado. Exemplos não faltam: Fiat e GM, Volkswagen e Scania, Daimler-Chrysler e Mitsubishi. Seguindo uma política contrária ao modismo atual, a Peugeot aposta no caminho independente para alcançar o sucesso.

Segundo Jean-Martin Folz, presidente da holding que congrega Peugeot e Citroën, o Grupo PSA, “a chave para o sucesso neste mercado é produzir, rapidamente, os mais variados e atraentes carros a um preço competitivo.” Folz ainda completa: “A Peugeot não precisa fundir-se com ninguém para conseguir isso”.

A receita da Peugeot para superar os desafios está baseada na criação de novas joint ventures com outras companhias automobilísticas para fabricar componentes de baixo custo.





Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors