Ford vai testar Focus “flex” na Inglaterra

  1. Home
  2. Bolso
  3. Ford vai testar Focus “flex” na Inglaterra
Redação WM1
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- A partir de março de 2006 uma frota de 40 Ford Focus flexíveis em combustível começará a ser testada na Inglaterra. Com o preço da gasolina chegando a 1 libra aproximadamente R$ 4,00 no país, foi fundado um projeto de desenvolvimento de combustível alternativo – Somerset Biofuel Project, localizado em Somerset, região sudoeste.

A frota de 40 Focus será equipada com motor de 1,8 litro e 125 cv de potência. Diferente do etanol brasileiro, que utiliza a cana-de-açúcar como matéria-prima, o combustível britânico será feito de trigo. Outra diferença em relação ao produto do Brasil: o britânico, denominado E85, tem 15 % de gasolina em sua composição, o que dispensa a utilização do sistema de partida a frio.

O Focus “flex” custará 14.095 libras, ou R$ 60.425,00. Os veículos serão utilizados pelo Conselho de Somerset, Wessex Grain que fornecerá o trigo para produção de etanol, Avon e a polícia local – todos membros do projeto de biocombustível.

A Ford é a primeira fábrica a lançar um veículo “flex” na Grã-Bretanha e a única a participar do projeto. A marca espera que a iniciativa estimule o interesse por esse produto e pelo combustível alternativo, viabilizando um projeto de maiores proporções.

Na Suécia, 80 % dos Ford Focus vendidos são flexíveis em combustível. Naquele país o litro de etanol custa aproximadamente 40 % a menos do que a gasolina. Enquanto isso, aqui no Brasil o Focus permanece em posição de retardatário frente a concorrência com motor “inflexível”, rodando apenas com gasolina – a despeito da Ford já contar com o motor 1,6-litro flex, aplicado no EcoSport e no Fiesta.

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors