Perua por fora, Monovolume por dentro

Peugeot lança 307 Station Wagon no Brasil
  1. Home
  2. Bolso
  3. Perua por fora, Monovolume por dentro
Redação WM1
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- A Peugeot está lançando a Station Wagon do 307, que chega ao mercado com duas incumbências: entrar na briga direta com modelos de segmentos distintos, como Mercedes Classe A, Citroën Xsara Break ou Renault Scénic, e reacender no brasileiro a paixão pelas peruas. Atributos para isso o modelo tem.

Equipada com motor 2.0 16V que gera 138 cavalos de potência, a perua francesa tem no interior seu principal destaque, graças à mobilidade dos bancos traseiros. O modelo será vendido na configuração 5 lugares, tendo como opcional a colocação de mais 2 assentos traseiros.

Segundo a Peugeot, o sistema utilizado na 307 SW permite mais de 20 posições distintas – o que caracteriza seu “lado” monovolume. E o desenho externo e o desempenho da Station formam sua personalidade de “perua”.

A 307 SW tem preço de R$ 54.550,00, que inclui o teto panorâmico de vidro com cortina elétrica – trata-se de uma “extensão” do pára-brisa, com um tratamento térmico especial. O modelo traz, ainda, rádio Am/FM com CD player, porta-malas com redes e ganchos para fixação de bagagem – além de compartimentos laterais – travamento automático das portas a 10km/h ausente no hatch, ABS, airbag duplo, computador de bordo e ar-condicionado digital.

Hatch ganha motor 2.0 16V
A versão Rallye do 307 a partir de agora será comercializada apenas com motor 2.0 16V, o mesmo utilizado pela perua. O modelo tem preço anunciado de R$ 48.750,00 e traz de fábrica retrovisor interno eletrocromático, faróis com regulagem de altura dos fachos, sensor de chuva no pára-brisa, ar-condicionado automático, airbag duplo, computador de bordo, rádio AM/FM com CD player e direção com regulagem de altura e profundidade.

Produção argentina
A Peugeot anunciou ainda que a partir do início de 2004 produzirá as três versões do 307 hatch na Argentina – o que poderá colaborar para a diminuição do preço do modelo. Segundo a montadora, cerca de 70% do volume total produzido na Argentina será destinado ao Brasil.

Nesse início de comercialização, a montadora pretende vender 200 unidades mensais das novas versões do 307 – 60% do hatch e 40% da perua.

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors