Chevrolet traz novo Cruze

Mais moderno, sedã vem com motor turbo para pegar japoneses
  1. Home
  2. Lançamentos
  3. Chevrolet traz novo Cruze
Marcelo Monegato
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

 

A Chevrolet apresentou na noite desta segunda-feira, em São Paulo (SP), o novo Cruze 2017. O sedã fabricado na Argentina está completamente reformulado de ‘para-choque a para-choque’ para, finalmente, tentar fazer frente a Toyota Corolla e Honda Civic. O modelo tem preço inicial de R$ 89.990 e pode chegar a R$ 107.450. 

Apesar de um visual muito mais arrojado que o modelo anterior, com linhas esportivas e que o aproximam dos modelos sul-coreanos – uma excelente maneira de brigar de igual para igual com a ‘japonesada’ -, o Cruze investe pesado mesmo é em um conjunto mecânico moderno e eficiente, representado pelo motor 1.4 turbo Flex (quatro cilindros, injeção direta de combustível e comando de válvula variável), que desenvolve 24,5 kgf.m de torque e potência máxima de 153 cv, quando abastecido com etanol. O cansado, e agora 'aposentado', 1.8 da geração passada gerava 144 cv e 18,9 kgf.m. Acoplado a este novo propulsor está uma transmissão automática de seis velocidades, uma evolução do câmbio atual.

De acordo com a fabricante, com este novo conjunto mecânico, mais o recurso de start-stop, pneus de baixa resistência a rolagem (rodas de liga leve de 17 polegadas), evolução aerodinâmica e o fato de estar 100 kg mais leve, o Cruze 2017 é até 30% mais econômico que o modelo atual e mais eficiente inclusive que veículos chamados populares.

O novo Cruze também está maior, antecipando uma tendência dos sedãs médios – o Honda Civic, que chega no início do segundo semestre virá também mais ‘bombado’ que o atual. Em termos de comprimento está 7 centímetros maior, com 4,66 metros. A distância entre os eixos, no entanto, teve um ganho mais tímido de apenas 1 centímetro – agora são 2,70 metros. Já o porta-malas passou por uma leve redução, deixando os 450 litros para acomodar 440 litros. Queda leve e que não elimina sua qualidade de ser um bom carro para a família, mas que o deixa em desvantagem em relação à concorrência.

Em termos de itens de série, o Cruze 2017 é equipado em todas as versões com airbags frontais, laterais e tipo cortina, assistente de estacionamento, controlador e limitador de velocidade, câmera de ré, sensor de estacionamento, central multimídia MyLink 2 com novas funções (receptivo ao Apple Car Play e Android Auto), OnStar também com novas funções, alertas de ponto cego, mudança de faixa e colisão (ajustável em três níveis), ar-condicionado, bancos em couro, direção elétrica, controles de estabilidade e tração, freios com ABS (antitravamento) e EBD (distribuição eletrônica da força de frenagem), e sistema ISOFIX para ancoragem da cadeirinha de criança.

Há ainda a versão LTZ que está disponível em dois pacotes. No primeiro, tabelado a R$ 96.990, o sedã agrega sensor de estacionamento dianteiro, roda de liga leve de aro 17", computador de bordo, MyLink com tela de 8" e navegador 3D e comandos do OnStar. Já o segundo pacote, que vale R$ 107.450, oferece também alerta de colisão frontal, alerta de ponto cego, monitoramento de faixa, indicador de distância do veículo à frente, sensor de estacionamento automático, carregador wireless, farol adaptativo e banco do motorista com regulagem elétrica.

Fique ligado e confira nesta quarta-feira as primeiras impressões do novo Chevrolet Cruze.

Consulte preços de carros novos e usados na Tabela Fipe e Webmotors.

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors